Esporte

Entidade dos EUA aprova criação de quatro novas categorias de peso no MMA

Ag. Fight

26/07/2017 20h04

Johnny Hendricks é um dos atletas que tem mais dificuldades para bater o peso – Diego Ribas

Ao que tudo indica, uma nova revolução está prestes a se desenhar no mundo das lutas. Aprovada nesta quarta-feira (26) pela Associação das Comissões de Boxe (entidade que coordenas Comissões Atléticas nos EUA), a criação de quatro novas categorias de peso pode mudar a dinâmica de diversos atletas em um futuro próximo.

A iniciativa da ABC faz parte de uma lista de dez medidas alinhas ainda em 2016 que visam a melhoria de condições de atletas durante seus processos de corte de peso. E, caso acrescentadas ao cronograma dos maiores eventos de MMA do mundo, a tendência é que eles, de fato, passem a cortar menos peso.

As novas categorias, cuja inclusão ficará a cargo dos próprios torneios, são: super-leve (75 kg), super-meio-médio (79,5 kg), super-médio (88,6 kg) e cruzador (102,2 kg).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo