Esporte

UFC 214: Daniel Cormier ignora plateia e se pesa encarando Jon Jones

Ag. Fight

28/07/2017 21h40

Daniel Cormier e Jon Jones lutam pelo cinturão do UFC – Diego Ribas

A pesagem aberta ao público do UFC 214, realizada nesta sexta-feira (28) no ginásio Honda Center, em Anaheim (EUA), contou com as tão aguardadas encaradas entre as estrelas do show marcado para este sábado. E, como esperado, o último encontro entre os rivais antes do evento garantiu emoção de sobra, principalmente quando os protagonistas foram os meio-pesados (93 kg) Daniel Cormier e Jon Jones.

Astros principais da noite, os veteranos colocarão à prova rivalidade que dura quase três anos e que definirá o campeão da categoria em revanche do duelo realizado em janeiro de 2015. Justamente por isso, a plateia ficou de pé para vê-los na arena em encarada que começou antes da hora.

Sem se preocupar em posar para a plateia, DC ficou o tempo todo de frente para o rival enquanto subia na balança decorativa. Ao mesmo tempo, ‘Bones’, de braços abertos, sorria de forma irônica em clara provocação que só piorou quando eles ficaram próximos.

Encarando o físico do campeão, Jones provavelmente brincou com a barriga aparente do rival soba o olhar atento de Dana White, que impediu que eles se aproximassem mais do que o permitido, o que poderia antecipar asações e colocar o show a perder.

“Tem sido difícil não ser o campeão por todo esse tempo. Amanhã isso tudo vai mudar graças ao trabalho que foi feito”, prometeu o desafiante. “Chega de correr , amanhã você terá seu traseiro chutado”, prometeu Cormier.

Cris ‘Cyborg’ se pesou com as cores da bandeira do Brasil no rosto – Diego Ribas

Antes deles, os protagonistas das demais disputas de cinturão se apresentaram para o público diante de mega produção do UFC. E destaque para Demian Maia que com a serenidade de sempre previu seu triunfo. “O Tyron é muito duro, o respeito como oponente, mas acho que amanhã será meu dia”.

Com a cara pintada com as cores do Brasil, Cris ‘Cyborg’ levantou a plateia presente na arena e com a confiança de sempre, prometeu mais um triunfo para sua estrelada carreira. “Primeira coisa, Cyborg Nation, hey! Treinei muito duro e sábado vou mostrar porque estou invicta há 12 anos”, garantiu.

Tyron Woodley e Demian Maia disputam o título dos meio-médios – Diego Ribas

Por fim, lutando no card preliminar, o ex-campeão dos galos (61 kg) Renan ‘Barão’, que encara Aljamain Sterling em duelo em peso-casado de até (63,3 kg), provou que o clima entre ele não é nada bom. Depois de trocarem farpas em redes sociais, os atletas se provocaram em todas as oportunidades que tiveram até que, na última das encaradas, o brasileiro aproveitou para colocar a mão no nariz acusando o rival de ter mau hálito. Que chegue logo a luta! 42

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo