MMA

Adversário de 'Barão' reclama de mudança de categoria no UFC 214

Reprodução/UFC
Renan Barão brinca com "bafo" de Sterling na pesagem do UFC 214 Imagem: Reprodução/UFC

Ag. Fight

29/07/2017 12h00

 

Escalados para se enfrentarem neste sábado (29) no UFC 214, evento que será realizado em Anaheim (EUA), Aljamain Sterling e Renan Barão quase tiveram o duelo cancelado pela Comissão Atlética da Califórnia. Isso porque, desde agosto de 2014, quando o brasileiro passou mal durante um corte de peso para um duelo contra TJ Dillashaw no Estado, bateu com a cabeça ao desmaiar e teve que ser retirado do combate, a entidade está com um pé atrás com o atleta no que se refere à sua capacidade de bater os 61 kg da divisão peso-galo. A solução encontrada foi realizar a luta no peso casado (63,5 kg) – o que não agradou o ‘Funk Master’.

Durante uma conversa com jornalistas em media day realizado na última quinta-feira, Sterling apontou que, na sua opinião, uma das grandes vantagens que ele leva em cima do brasileiro é sua facilidade para bater o peso da categoria – diferentemente de Barão, que já teve problemas com a balança anteriormente. Por isso, o americano não gostou nem um pouco da mudança feita pela comissão.

“A minha maior vantagem em cima do Barão é que eu consigo cortar o peso muito mais facilmente que ele. Eu consigo alcançar os 61 kg com muito mais facilidade que ele e consigo me reidratar muito melhor do que ele. Por isso, não acho que foi justo comigo, porque tiraram uma das minhas vantagens para essa luta. Agora que não tenho mais isso, tudo se resume às habilidades. O que não vejo problemas também porque acho que meu estilo casa bem com o dele”, declarou.

No último mês de junho, Sterling e Barão trocaram provocações via redes sociais e o brasileiro garantiu posteriormente que tudo não passou de uma manobra para pressionar a comissão a liberar o combate. Contudo, ao que parece, para o americano as coisas foram um pouco mais sérias do que uma simples jogada.

“Eu não tenho problema com ninguém no mundo da luta. Simplesmente não ligo a mínima para quem você é até o final da luta. Podemos ser amigos depois disso. Mas, no momento, estamos lutando por uma bolsa e por nossa saúde, então por que eu vou ser legal com ele enquanto ele vai tentar me deixar inconsciente na frente de milhares de pessoas? Que se f*** isso. Eu vou tentar fazer com ele o que ele tentará fazer comigo. Enxergo as coisas dessa forma. Ele me chamou de covarde porque eu pedi a luta. A luta foi apresentada e eu aceitei. Isso não parece uma atitude covarde na minha opinião. Então, aqui estamos hoje e eu não vejo a hora de colocar as minhas mãos naquele filho da p***”, afirmou.

Após sofrer duas derrotas consecutivas – as primeiras da carreira -, Sterling reencontrou a vitória em abril passado ao vencer Augusto ‘Tanquinho’. Aos 27 anos de idade, o Funk Master coleciona no currículo um cartel com 13 triunfos e dois reveses

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Topo