MMA

Após um ano parado, Robbie Lawler vence guerra contra Cerrone no UFC 214

Sean M. Haffey/Getty Images/AFP
Robbie Lawler e Donald Cerrone se enfrentam em luta válida pelo card principal do UFC 214 Imagem: Sean M. Haffey/Getty Images/AFP

Ag. Fight

30/07/2017 00h00

No maior evento da temporada, o card principal contou com coadjuvantes de luxo para as três disputas de cinturão que fechariam a noite. Previamente escalados para o show do dia 8 julho, Robbie Lawler e Donald Cerrone deixaram a plateia agitada logo que entraram no ginásio Honda Center, na cidade de Anaheim (EUA). Nocauteadores e sempre disposto a darem show, os meio-médios (77 kg) provaram que a espera valeu a pena.

Sem lutar desde o dia 30 de julho de 2016, quando foi nocauteado por Tyron Woodley e perdeu o cinturão do UFC, Lawler optou por tirar uma temporada sabática para preservar seu corpo, que havia sofrido diversos danos ao longo dos embates com Johnny Hendricks, Carlos Condit, Matt Brown e Rory MacDonald. E a ideia parece ter sido boa.

No primeiro assalto, o ex-campeão partiu com tudo para cima tentando aproveitar a já conhecida demora de Cerrone em entrar na luta. Com diversos golpes no clinche, Lawler levava a crer que nocautearia em questão de instantes. No entanto, o raçudo ‘Cowboy’ não apenas aguentou o tranco como se ofereceu para travar uma verdadeira guerra.

Com mais fluidez nas combinações, ele alternou chutes com cruzados e ainda derrubou Lawler, terminando o assalto inicial por cima. A dinâmica se repetiu no assalto seguinte, com Lawler levando vantagem na curta distância mas sofrendo com os chutes e golpes de saída do oponente. Equilíbrio puro e torcida de pé.

O empate técnico motivou os veteranos do esporte a passarem os cinco minutos finais trocando golpes de lado a lado do cage. Enquanto Lawler caminhava para frente adotando a postura de agressor, Cerrone contra golpeava com volume de ataques incrível, o que fez a disputa ser decidida no detalhe. No final, o triunfo foi garantiu ao ex-campeão pela agressividade de sobra apresentada no cage, o que não agradou a torcida, que não parou de vaiar durante seu discurso de vitória.

Surpresa da noite

Grande azarão para o duelo contra o inglês Jimi Manuwa, o meio-pesado (93 kg) Volkan Oezdemir não deu a mínima para as bolsas de apostas e simplesmente atropelou o rival. Após rápido clinche na grade, o atleta suíço se desvencilhou, empurrou o rival e acertou o primeiro golpe no queixo.

Atordoado, Manuwa andou para trás tentando evitar os ataques do oponente. Mas, próximo ao outro lado do cage, um sequência de três cruzados terminaram por deixá-lo praticamente desacordado do tablado ainda no primeiro round, em meros 42 segundos.

Acompanhe os resultados do UFC 214:

Robbie Lawler venceu Donald Cerrone por decisão unânime;
Volkan Oezdemir nocauteou Jimi Manuwa no 1º round;
Ricardo Lamas nocauteou Jason Knight no 1º round;
Aljamain Sterling venceu Renan "Barão" por decisão unânime;
Brian Ortega finalizou Renato "Moicano" no 3º round;
Calvin Kattar venceu Andre Fili por decisão unânime;
Alexandra Albu venceu Kailin Curran por decisão unânime;
Jarred Brooks venceu Eric Shelton por decisão dividida;
Drew Dober nocauteou Josh Burkman no 1º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo