Topo

MMA

Tyron Woodley ironiza escolha de Bisping como rival de St-Pierre

Sean M. Haffey/Getty Images
Imagem: Sean M. Haffey/Getty Images

Ag. Fight

31/07/2017 14h15

 

Campeão dos meio-médios (77 kg) do UFC, Tyron Woodley deixou clara sua insatisfação com a escolha de Michael Bisping como rival de Georges St-Pierre no retorno do canadense ao octógono. Logo em seguida à vitória por pontos sobre Demian Maia, o americano ironizou os rumos que as categorias do UFC tomaram sem que ele fizesse parte dos planos.

Ao ser questionado sobre a mudança de opinião de Dana White, que havia oficializado que GSP lutaria como peso-médio (84 kg) e mudou de ideia após o UFC 214, Woodley utilizou um personagem da animação ‘Procurando Nemo’ para ironizar a postura.

“Eu falei isso na coletiva. Eles são como o peixe Dory (personagem que sofre com perde de memória). Eles têm a memória muito curta. Qual foi a última vez que o Michael Bisping lutou? Eu fiz quatro lutas por cinturão contra os primeiros da fila de desafiantes”, narrou em conversa com jornalistas logo após o show.

Curiosamente, de fato, Woodley, ainda na coletiva de imprensa antes da luta, questionou Dana White publicamente  sobre a possibilidade de GSP aceitar enfrentá-lo. Sem rodeios, o cartola confirmou que, em caso de vitória, o americano teria sua tão aguardada chance. Nada feito,como previsto!

“Falei isso antes. Tinha ouvido o podcast do Bisping e ele s?falava sobre lutar com o GSP. Já tinha tirado isso da minha mente. Gosto de focar e dar atenção que meus adversários merecem. Agora, ele deveria lutar comigo se é o melhor do mundo… Ele tem que me enfrentar. Tenho certeza de que, se o Demian tivesse vencido, ele lutaria. Ele não quer comigo poque sou uma versão melhor dele”, finalizou.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!