Esporte

Árbitro revela detalhes de treino fora de controle entre McGregor e ex-campeão de boxe

Ag. Fight

01/08/2017 18h23

Conor McGregor é o campeão peso-leve (70 kg) do UFC – Reprodução/Twitter

Conor McGregor está na reta final de sua preparação para o combate contra Floyd Mayweather, e por isso corre contra o tempo para estar o mais preparado possível quando chegar o momento de medir forças com o norte americano. O ímpeto pela evolução e aprimoramento fez com que o irlandês convocasse Paulie Malignaggi, pugilista ex-campeão mundial, como sparring oficial de seus treinamento. E de acordo com Joe Cortez, famoso árbitro da nobre arte que ficou encarregado mediar os treinamentos dos atletas, a dupla viveu momentos de tensão recheados de provocações e golpes duros.

Em entrevista ao programa de rádio ‘SiriusXM Boxing’, o árbitro porto-riquenho não escondeu os detalhes que envolveram o treino pouco convencional entre o irlandês e o americano. Segundo Cortez, McGregor e Paulie travaram uma verdadeira batalha sobre os ringues com direito a momentos mais tensos, o que o motivou a parar o combate algumas vezes e pedir que eles tivessem mais espírito esportivo.

“Ambos estavam batendo um no outro e tive que parar a ação como em uma luta de verdade. Eles estavam segurando demais, eles estavam tentando se socar. Quero dizer, ficou um pouco fora de controle e tive que pedir tempo. ‘Tudo bem, pessoal, vocês tem que parar isso agora. Quero um round limpo. Me deem espírito esportivo. Compreendido? Não quero tirar nenhum ponto de qualquer um de vocês. Vocês entendem?’. Olhei para eles e eles disseram: ‘Ok, tudo bem’, e eu disse ‘fim do intervalo’.  Tive que parar também (o trash talking). Isto é parte do porquê tive que parar a ação”, relatou Cortez.

Além de contar os detalhes que envolveram os momentos vividos por Paulier e McGregor enquanto treinavam, o árbitro também aproveitou para opinar sobre as chances do irlandês como profissional no boxe. E de acordo com Cortez, o campeão peso-leve (70 kg) do UFC tem todos os requisitos para se destacar na nobre arte.

“Ele lidou muito bem com Paulie. Esse cara pode brilhar. Ele estava lá se embolando com o Paulie e era para valer. Eles não estavam de brincadeira. Na verdade, tive que parar a ação e dizer: ‘Tudo bem, pessoal, vocês estão um pouco fora de controle aqui, precisam parar com isso'”, completou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo