Topo

MMA

Dana White revela que fez as pazes com Woodley após polêmica ameaça

Sean M. Haffey/Getty Images
Demian Maia tenta derrubar Tyron Woodley em luta válida pelo UFC 214 Imagem: Sean M. Haffey/Getty Images

Ag. Fight

02/08/2017 06h00

 

Assim que o UFC 214 chegou ao fim, Dana White não escondeu sua insatisfação com a performance de Tyron Woodley e tratou de alfinetar o campeão meio-médio (77 kg) em virtude das vaias recebidas pela plateia durante o duelo contra Demian Maia. Os comentários proferidos pelo cartola incomodaram tanto o lutador que ele aproveitou para rebatê-los e de quebra exigir uma retratação, o que sugeriria que o clima entre os dois não está dos melhores. No entanto, o presidente do Ultimate tratou de acalmar os ânimos e revelar que o lutador inclusive já se desculpou. 

Em entrevista ao site "TMZ Sports", Dana White salientou que entrou em contato com o meio-médio assim que tomou conhecimento da entrevista nada amistosa concedida por ele durante o programa "The MMA Hour' – que inclusive contou com ameaças sobre o vazamento de informações confidenciais que tangem o evento. E, de acordo com o discurso do cartola, o lutador aproveitou a oportunidade para se desculpar e dizer que agiu sob o calor da emoção.  

"Woodley e eu conversamos e ele me disse que estava irritado e chateado, e que não quis dizer aquilo", relatou o manda-chuva, em discurso que foi confirmado pelo próprio campeão do UFC em entrevista ao mesmo site. 

Ainda que a situação pareça estar resolvida após a constatação de que a dupla resolveu seus problemas, Woodley terá agora que lidar com Colby Covignton, seu parceiro de treinos que comprou a briga de Dana White e o ameaçou publicamente através de sua conta em uma de suas redes sociais. Agora resta saber se o discurso do atleta da American Top Team é de fato verdadeiro ou não passou de uma tentativa de conseguir uma disputa pelo título. Afinal, assim como Woodley, o lutador também compete entre os meio-médios.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!