Esporte

Foto de suposto nocaute irrita sparring, que pede "verdade" a McGregor

Ag. Fight

04/08/2017 10h41

Faltando pouco mais de 20 dias para uma das lutas mais aguardadas do ano, a equipe de Conor McGregor tem que lidar com um mal-estar bastante desagradável. Paul Malignaggi, ex-campeão mundial de boxe e que vinha auxiliando o irlandês na preparação para o confronto contra Floyd Mayweather, deixou a equipe e mostrou sua irritação com a postura de alguns colaboradores que cercam o campeão dos leves (70 kg) do UFC.

Reprodução/Twitter
Imagem: Reprodução/Twitter

Tudo começou após uma foto publicada por um dos membros da equipe de Conor. Nela, Malignaggi aparece no chão durante uma sessão de treinos com o irlandês. Contrariado com a publicação desta imagem, o americano também utilizou suas redes sociais para se defender e exigir que o vídeo completo do sparring fosse publicado.

"Não é legal pintar uma foto que não é verdade. Isso foi um empurrão durante um sparring. Publique o vídeo inteiro do round 1 ao 13 SEM EDIÇÃO. O UFC tem câmeras por toda a academia filmando tudo. O vídeo SEM EDIÇÃO de todos os rounds daquela noite existe. Deixem os fãs assistirem", escreveu o ex-campeão de boxe em seu Twitter.

O americano ainda respondeu a uma série de questionamentos dos seus seguidores antes de publicar um comunicado onde oficializou a sua saída do camp. Malignaggi ressaltou que sua relação com McGregor sempre foi cordial, mas as atitudes dos seus parceiros foi decisiva para sua decisão.

"Apenas quero esclarecer algo. Eu estou deixando o camp do McGregor hoje. Eu vim com a melhor intenção e tentando ajudar. Apenas ter a chance de participar de um evento tão grande como esse já me empolgou. Acredito que o Conor e eu temos um respeito mútuo dentro do ringue, adquirido de ambos os lados com o bom trabalho depois de duas sessões de sparring. Estou tomando essa decisão por coisas fora do ringue e a forma como algumas coisas foram feitas no camp, e com as quais não concordei. Não é o meu papel ditar regras em um camp que não é o meu, mas cabe a mim decidir se eu quero fazer parte disso. Eu não vou divulgar nenhuma informação tática sobre o que vi nessas duas sessões de sparring com o Conor. Eles têm a minha palavra. Sobre as coisas que me chatearam, eu falarei quando for a hora. Desejo o bem do time McGregor na continuação de sua preparação e espero voltar a Vegas para trabalhar na semana da luta".

Conor McGregor e Floyd Mayweather se enfrentarão no dia 26 de agosto, em Las Vegas (EUA). Será a primeira luta profissional do irlandês no boxe, enquanto que o americano ainda não perdeu um combate sequer após subir 49 vezes no ringue.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo