MMA

Rockhold pede que UFC retire cinturão de Bisping

John Locher/AP
Imagem: John Locher/AP

Ag. Fight

05/08/2017 15h09

 

A divisão dos médios (84 kg) do UFC anda bastante bagunçada desde que Michael Bisping conquistou o cinturão, em junho de 2016. Passado mais de um ano, o inglês retornou ao octógono apenas uma vez para vencer por decisão o experiente Dan Henderson em outubro do mesmo ano e deu início a sua campanha para encarar Georges St-Pierre, o que vem irritando muitos atletas. Um deles é Luke Rockhold.

O ex-campeão que perdeu o título justamente para Bisping já deixou bem clara a sua opinião sobre o antigo rival em diversas entrevistas. Mas desta vez o americano foi mais longe e afirmou que o Ultimate deveria retirar o cinturão do inglês, afinal, ele ainda não enfrentou os melhores da divisão desde que se tornou dono da categoria.

“Bisping não lutou com ninguém do top 10 pelo último um ano e meio e não vai lutar com ninguém do top 10. Onde isso o coloca? Eu acho que eles deveriam tirar o título de caras como esse que não lutam com ninguém do topo. Eles tiraram da Germaine porque ela não iria lutar com a número 1. Por que isso é diferente com ele?”, questionou o americano em entrevista à ESPN.

De fato, Germaine de Randamie teve seu título dos penas (66 kg) cassado pelo UFC após se recusar a encarar Cris ‘Cyborg’, que agora detém o cinturão. Ao contrário de seguir a mesma linha com Bisping, Dana White, presidente do UFC, garantiu que o inglês realmente enfrentará GSP. Apesar de ainda não ser oficial, o provável encontro deve acontecer no dia 4 de novembro, em Nova York.

“Nós vamos ver se o Georges vai mesmo fazer essa luta. O cara esteve fora por muito tempo, quem sabe onde sua cabeça e seu corpo estão, ou se ele consegue para aquela data. Eu vou lá e fazer o que eu tenho que fazer e vamos ver onde tudo estará naquele momento”, disse Rockhold já cavando uma vaga para uma possível desistência do canadense.

Enquanto Bisping não coloca seu cinturão linear em jogo, a categoria anda de lado e recentemente deu a Robert Whittaker o título interino dos médios após vencer Yoel Romero no UFC 213.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Topo