MMA

'Moicano' admite erro em estratégia e desafia promessa mexicana

Sean M. Haffey/Getty Images
Brian Ortega acerta o brasileiro Renato Moicano em luta válida pelo card preliminar do UFC 214 Imagem: Sean M. Haffey/Getty Images

Ag. Fight

09/08/2017 13h44

O UFC 214 não foi dos melhores para o Brasil. Apesar de Cris ‘Cyborg’ ter conquistado o cinturão dos penas (66 kg), os outros três atletas que representaram o país no evento saíram do octógono derrotados. Um deles foi Renato ‘Moicano’, que foi finalizado por Brian Ortega no terceiro round e conheceu seu primeiro resultado negativo na carreira.

O duelo vinha bastante equilibrado durante os dois primeiros rounds, mas no último assalto o brasileiro tentou colocar o americano para baixo e foi finalizado com uma guilhotina. Em conversa com a Ag. Fight, Moicano admitiu que foi precipitado de tentar a luta no chão naquele momento.

“Com certeza errei em derrubar. Do mesmo jeito que ele disse que estava preparado para minha queda, eu estava preparado para que ele tentasse capitalizar em cima dessa queda. Fizemos um treinamento para ser uma luta de kickboxing e boxe. Apesar de ele ser muito bom no chão, ele não queda bem. E apesar de eu quedar bem, sabia que tinha perigo entrar para quedar, porque ele faz guilhotina e triângulo de mão muito bem. No segundo round, quando derrubei e fiquei por cima, senti que dava para ficar por ali. Não era muito mistério”, relembrou o brasiliense.

Apesar da derrota, Moicano teve motivo para não sair tão cabisbaixo da Califórnia. Isso porque a sua luta contra Brian Ortega foi escolhida como a melhor da noite, e ambos atletas receberam uma premiação extra de 50 mil dólares (cerca de R$ 156 milhões). Atual número 10 da divisão dos penas (66 kg), o brasiliense já sabe o que fará com esse dinheiro.

“Esse prêmio eu vou investir em treinamento. Vou passar um tempo na American Top Team e respirar novos ares. É importante a gente conhecer novos lugares. Acho que será muito bom para a minha evolução como lutador”, revelou.

Além disso, Renato Moicano já começa a pensar no próximo passo a ser dado dentro do Ultimate. Com três vitórias e uma derrota dentro da organização, o brasileiro revelou o nome do rival que gostaria de enfrentar na sua próxima apresentação.

“O próximo passo é recuperar. Semana que vem eu já volto a treinar. Nada mudou. Meu sonho ainda é ser campeão e eu vou trabalhar a cada dia para chegar a esse objetivo. Próximo passo é descansar, recuperar bem e tentar lutar ainda esse ano. Penso que para mim seria bom lutar com alguém do top 10 para baixo. Um adversário que acho que seria uma boa é o Yair Rodriguez, pelo estilo de luta. Ele sempre busca a luta. Não vou ficar pedindo, mas seria uma boa”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Topo