MMA

Um ano sóbrio, ex-lutador do UFC conta como venceu alcoolismo 

Diego Ribas/Ag. Fight
Além de namorado, Pat Barry é um dos treinadores de Rose Namajunas Imagem: Diego Ribas/Ag. Fight

Ag. Fight

09/08/2017 07h00

 

Quem vê Rose Namajunas, em alta no UFC e grande favorita a ser a próxima desafiante ao cinturão peso-palha (52 kg) não imagina os percalços vividos por ela em sua vida pessoal nos últimos anos. E, dentre eles, o drama vivido pelo namorado Pat Barry parece ter consumido mais atenção e energia do que se sabia até então. Mas, com o problema resolvido, o ex-lutador agora fala sem problemas sobre o seu problema com alcoolismo.

De acordo com o seu relato a programa "MMA Hour", sua dificuldade em lidar com o vício, que já lhe rendeu até mesmo uma passagem pela delegacia, pode ter afetado a trajetória da promissora norte-americana no Ultimate. Por isso, ainda em 2016, Rose chegou a proibi-lo de ser seu corner durante uma luta que, em caso de vitória, iria lhe render o cinturão do UFC.

"Veja as performances da Rose que não foram muito boas. Foi culpa minha. Ela estava distraída com coisas externas, comigo. Não estou falando apenas sobre lutar. Qualquer entrevista que ela tenha dado e parecido desconfortável, qualquer postagem nas redes sociais foi culpa minha. Então eu disse que não faria mais aquilo. Ela deveria ter sido campeã mundial dois anos atrás. Era eu. Não achava que era minha culpa, mas era", relatou em entrevista ao programa 'The MMA Hour'.

De acordo com Barry, a "gota d'água" ocorreu no início de julho de 2016, quando ele, mesmo aposentado, era o sparring de Brock Lesnar, peso-pesado que faria seu retorno ao octógono diante de Mark Hunt. E após uma sessão de treinos, ele parou para comer uma pizza, aceitou um dose de bebida de um fã, iniciou uma sequência de drinques que o deixou bêbado e que terminou em uma quase briga e 15 horas de prisão.

Em sua casa, em outro estado dos EUA, Namajunas tentou falar com Barry por telefone e só foi informada do ocorrido no dia seguinte, quando se deu conta de que as confusões do namorado poderiam levar sua carreira para o lado negativo.

"Encontramos um estilo de vida diferente, um caminho que gostamos ainda mais. Um caminho que não apenas nós gostamos mais, mas todo mundo curte mais. É mais divertido, mais saudável para todos. Não estou mais na escuridão, está claro agora", contou o ex-kickboxer garantindo estar sóbrio desde então.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Topo