Topo

MMA

Cormier abre portas para novo duelo, mas duvida de trilogia com Jones

Reprodução/UFC
Daniel Cormier e Jon Jones fazem encarada tranquila no UFC 214 Imagem: Reprodução/UFC

Ag. Fight

01/09/2017 06h00

 

Após o nocaute aplicado por Jon Jones em cima de Daniel Cormier em julho passado, a rivalidade entre os meio-pesados (93 kg) pareceu resolvida – com dois triunfos de Jones. No entanto, depois que o campeão foi flagrado em um exame antidoping pela USADA (agência americana de controle antidopagem), a situação mudou de figura e a sua vitória foi colocada em xeque. Mas o pior de tudo é que pode não haver mais tempo para um terceiro encontro entre os arquirrivais. Ao menos é o que pensa DC.

Durante uma entrevista no programa "The MMA Hour" na última segunda-feira (28), Cormier apontou que, se Jones for punido e um processo que pode levar mais de um ano for instaurado, então provavelmente ele já estará aposentado quando o rival voltar para os cages. Afinal de contas, aos 38 anos de idade, DC já deixou claro que não permanecerá no esporte por muito mais tempo.

"A coisa triste é que eu, de fato, lutaria contra ele de novo. Mas agora eu não sei se vai haver tempo para isso. Se tiver todo um processo e uma suspensão, eu não vou ter tempo, porque sempre deixei claro que não lutaria mais aos 40 anos – e eu fiz muito mais do que podia imaginar quando comecei essa carreira", declarou.

Cormier e Jones se enfrentaram pela primeira vez em janeiro de 2015, quando Jones levou a melhor e venceu por decisão unânime dos juízes. No UFC 214, Jones voltar a sair vitorioso, mas dessa vez com um belo nocaute.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!