MMA

Ex-campeã do UFC, Miesha abre agência de consultoria para jovens lutadores

Mark J. Rebilas/USA Today
Imagem: Mark J. Rebilas/USA Today

Ag. Fight

01/09/2017 15h47

 

Em novembro passado, Miesha Tate enfrentou Raquel Pennington em sua última apresentação no octógono antes de anunciar a aposentadoria. Agora, vivendo uma nova fase, 'Cupcake' se juntou a Robert Reynolds e Robert Callister para abrir a agência de consultoria para lutadores, 'AO8 Management'. E a motivação da americana parece ser ajudar jovens atletas que estão começando suas carreiras.

Durante uma entrevista ao site 'MMA Fighting', Miesha apontou que passou por grandes dificuldades quando estava começando sua jornada no esporte. Por isso, a americana garante que quer proporcionar uma consultoria de qualidade para lutadores que estão no início de suas carreiras – algo que ela não teve quando jovem.

"O motivo que eu quis fazer disso minha missão é porque eu lembro de como foi difícil meu início no esporte. E eu aprendi muito naquela época. Eu passei uma barra. Tive consultorias boas e ruins. Algumas mostram o caminho certo a se trilhar, outras mostraram o que não fazer. Eu tive péssimas experiências de pessoas tentando se aproveitar de mim, então quero facilitar a vida das pessoas ao máximo para que elas possam se focar somente no treinamento. Junto com meus parceiros, compartilhamos a visão de apoiar o atleta para fazê-lo alcançar outro patamar", declarou.

Apesar de não ter experiência trabalhando com consultoria, Miesha está confiante de que não terá problemas em sua nova função. Afinal de contas, experiência no esporte não falta para a americana, que já foi campeã do Strikeforce e do UFC na divisão dos galos (61 kg), antes de se aposentar aos 30 anos.

"Estou confiante. Conheço o meu esporte. Conheço os meus atletas e não me importo de brigar pelo que eu acredito. Mas eu não vou delirar no sentido de pedir 100 mil dólares por um lutador que eu acho que vale 10 mil. Sou razoável, mas vou manter minha posição no que achar que é justo"

Miesha é considerada uma das maiores atletas de MMA da história. Aos 31 anos de idade, a americana colecionou na carreira um cartel com 18 vitórias e sete derrotas e se manteve entre os principais nomes de sua divisão por sete anos ininterruptos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
EFE
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Topo