Topo

MMA

Afegão desafia Matt Brown e mira cinturão do UFC em 2019

Heuler Andrey/UOL
Demian Maia domina Matt Brown no chão Imagem: Heuler Andrey/UOL

Ag. Fight

04/09/2017 10h15

A vitória de Siyar Bahadurzada foi um dos maiores destaques do UFC Roterdã, disputado neste sábado (2), na Holanda. O afegão voltou ao octógono após um ano e meio para vencer Rob Wilkinson por nocaute no segundo round e movimentar a divisão dos meio-médios (77 kg). Agora ele quer alcançar planos maiores.

Em conversa com a imprensa após a luta, Bahadurzada aproveitou o momento para relembrar o drama que viveu nos últimos anos, lutando pouco e tendo que conviver com constantes lesões que o fizeram ficar afastado do octógono.

"Me senti bem, porque eu lutei apenas duas vezes nos últimos quatro anos. A razão é porque eu estava doente e machucado algumas vezes e não estava apto a lutar. Mas eu corrigi os meus erros e achei o que estava fazendo de errado. Corrigi isso, estou de volta e estou aqui para ficar", afirmou o afegão em tom aliviado.

Engatando a segunda vitória seguida, Bahadurzada também se sentiu à vontade para desafiar um grande nome da categoria. Na visão do afegão, o seu adversário ideal para a próxima luta seria Matt Brown, o que o colocaria em um patamar para já dar início à corrida pelo cinturão do Ultimate.

"Acho que Matt Brown seria uma boa luta. Ele diz que é o Imortal, mas eu vou mostrar que ele é bastante mortal. Volto com vingança para alcançar meu sonho e serei o campeão em 2019", sentenciou.

Siyar Bahadurzada possui um cartel com 23 vitórias, seis derrotas e um empate. Apesar de estar no Ultimate desde 2012, o afegão fez apenas cinco lutas no maior torneio de MMA do mundo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!