MMA

Mayweather x McGregor não quebra recorde de bilheteria de luta com Pacquiao

Steve Marcus/Reuters
Mayweather acerta o rosto de McGregor no décimo e último round da luta Imagem: Steve Marcus/Reuters

Ag. Fight

06/09/2017 16h08

Logo após nocautear Conor McGregor no último dia 26 de agosto em uma das lutas mais comentadas dos últimos tempos, Floyd Mayweather Jr. garantiu que o recorde de bilheteria havia sido quebrado. Contudo, os cerca de 72 milhões de dólares (em torno de R$ 224 milhões) atingidos no duelo entre 'Money' e Manny Pacquiao em 2015 não foram superados pelos 55,4 milhões (cerca de R$ 172 milhões) feitos no combate contra o irlandês. No entanto, ainda existe uma outra marca que pode ser batida e o executivo Stephen Espinoza do canal 'Showtime' parece estar confiante.

Maior duelo de boxe da história até o momento, o confronto entre Mayweather e Pacquiao lotou o ginásio MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (EUA), e além de bater o recorde em venda de ingressos, também atingiu a maior marca no pay-per-view, com 4,6 milhões de pacotes vendidos pelo mundo.

Contudo, a contagem de PPV para o duelo entre Mayweather e McGregor ainda está sendo realizada e Espinoza garante que existe grandes chances de acontecer uma quebra deste recorde. De acordo com o executivo, os números já atingiram a casa dos 4 milhões de pay-per-views vendidos.

"Nós estamos agora por volta dos 4 milhões. Se nós percebermos o crescimento típico que vemos geralmente, então nós quebraremos o recorde. Não quero assumir que tivemos esse crescimento típico, porque esse não foi um evento típico. Existem muitos aspectos que fizeram esse evento diferente. Mas nós temos um bom palpite de que batemos o recorde", afirmou em entrevista no programa 'The MMA Hour' na última terça-feira (5).

A superluta entre Mayaweather e McGregor selou a 50ª vitória na carreira do americano, que se aposentou ao final do embate, aos 40 anos. Além disso, o duelo também marcou a estreia do irlandês, campeão peso-leve (70 kg) do UFC, na nobre arte.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo