MMA

Lutador americano adia casamento para competir no UFC 215

Divulgação
Lutador adiou o casamento Imagem: Divulgação

Ag. Fight

08/09/2017 13h34

Para estar disponível para lutar no UFC 215, evento que acontece neste sábado (9) em Edmonton (Canadá), o lutador de MMA Jeremy Stephens adiou seu casamento. Poucas ofertas seriam capazes de ter um impacto tão grande na vida do atleta da categoria peso-pena (66 kg), e um duelo contra Gilbert Melendez certamente estava nesta seleta lista, tanto que esse combate será a primeira atração do card principal no evento.

Antes de aceitar a oferta do UFC, Stephens precisou, claro, do aval de sua noiva para estar presente no show. Ela por sua vez não exitou em garantir ao 'Lil Heathen' a chance de se redimir das duas derrotas seguidas que carrega em seu cartel, como ele mesmo revelou em conversa com o site 'MMA Fighting'.

"Minha noiva me apoia 100%, mas eu recebi a ligação e perguntei quem era o adversário. Quando eu soube que seria o Gilbert Melendez, pedi para esperarem que eu ligaria para a minha noiva, precisava saber se ela estava disposta a isso. Mesmo que saia mais caro, é algo que eu realmente queria fazer", explicou o atleta sobre a sua decisão.

A última luta oficial de Melendez foi em julho de 2016, ocasião em que ele acabou superado por pontos pelo brasileiro Edson Barboza. Desde então, o americano aproveitou o período afastado do octógono para realizar uma cirurgia no joelho e, para seu retorno neste sábado, optou por descer de categoria e estrear como peso-pena diante do experiente adversário.

"Ele sabe o que vai enfrentar. Nós estamos no circuito por um bom tempo, ele é meu fã, assim como eu sou fã dele, somos excelentes lutadores. Eu sinto que estou me aprimorando com a idade, me adaptei aos garotos que estão no topo do ranking dos penas. Enquanto ele está em um território novo, está ficando velho", provocou Stephens.

O atleta também se mostrou ansioso por este evento ser no Canadá. Americano de nascimento, Stephens não escondeu a admiração pelo estilo da torcida no país vizinho, para quem garantiu estar disposto a dar um grande show.

"Eu sinto que os fãs canadenses são um pouco mais animados que os fãs americanos, eles são selvagens. Amam uma boa luta e, para mim, é uma honra estar lá", comentou Lil Heathen.

Além do confronto Stephens vs. Melendez, no card principal, o show contará com a disputa do cinturão dos pesos-galos feminino entre a campeã Amanda Nunes e a desafiante Valentina Shevchenko como atração principal. Os brasileiros Wilson Reis, Rafael dos Anjos, Ketlen Vieira, Adriano Martins e Luis 'KLB' também se apresentam nesse show.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
EFE
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo