MMA

Juízes concordam em apenas um round em luta de Amanda Nunes

Perry Nelson/USA TODAY Sports
Amanda Nunes comemora vitória sobre Valentina Shevchenko pelo UFC 215 Imagem: Perry Nelson/USA TODAY Sports

Ag. Fight

10/09/2017 14h25

A disputa principal do UFC 215, que colocou frente a frente Amanda Nunes e Valentina Shevchenko no último sábado (9), no Canadá, foi equilibrada desde o início. Com as protagonistas da noite atacando pouco e priorizando golpes certeiros, os detalhes decidiram cada um dos cinco rounds disputados a ponto de tornar a tarefa de pontuar o confronto uma missão quase impossível.

Tanto é que, após a luta, as papeletas dos jurados laterais mostravam como cada um deles viu o confronto de forma diferente. Afinal, em apenas um assalto os três membros designados pela Comissão Atlética concordaram sobre quem teria sido superior nos cinco minutos em questão.

Se no primeiro round a superioridade de Amanda foi clara para todos, já na segunda a confusão começa. Dois jurados marcaram a favor de Valentina, enquanto um deles para a brasileira. No assalto seguinte novamente dois deles marcaram a favor da desafiante, mas em ordem já contrária à apresentada anteriormente.

O cenário também se alternou na sequência, quando no quarto round dois jurados apontaram superioridade para Valentina em ordem curiosa de pontuação, que se alternou nos três assaltos em questão sem que nenhuma dupla de árbitros fosse repetida.

Na quinta e última etapa, após dois juízes anotarem superioridade para Amanda, a campeão manteve seu cinturão com uma vitória por decisão dividida. Enquanto Tony Weeks apontou vitória da desafiante (ele marcou o primeiro e quarto rounds para a brasileira), Sal D'Amato e David Therien deram o triunfo para a campeã - D'Amato marcou os assaltos 1, 3 e 5 para Amanda, enquanto Therien pontou as etapas 1, 2 e 5.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo