Topo

MMA

Jones tem vitória anulada após doping, e Cormier volta a ser campeão do UFC

Hans Gutknecht/AP
Jon Jones nocauteou Daniel Cormier, mas resultado da luta foi revertido para "no contest" Imagem: Hans Gutknecht/AP

Ag. Fight

13/09/2017 17h38

A luta principal do UFC 214, disputada entre Daniel Cormier e Jon Jones, não tem mais um vencedor oficial. Tudo porque "Bones" foi flagrado pelo uso da substância Turinabol - esteroide que aumenta o desempenho - na véspera do confronto, e o seu triunfo diante de DC foi retirado pela Comissão Atlética da Califórnia nesta quarta-feira (13).

No dia anterior ao combate, foram recolhidas duas amostras: uma de sangue e uma de urina, e no dia do evento, mais uma dose de sangue foi retirada do atleta. No primeiro teste realizado, o exame de urina acusou a substância proibida. O resultado da contraprova foi revelado nesta quarta e comprovou o uso do composto. Com a confirmação da amostra B, a comissão determinou que o duelo fosse declarado "no contest" (sem resultado).

Com a alteração do desfecho do combate, que aconteceu no fim do mês de julho, o cinturão dos meio-pesados (93 kg) volta para Cormier. O próprio DC confirmou que voltou a ser o campeão da categoria, após conversa com o presidente do UFC, Dana White.

Jones já foi suspenso por doping em julho de 2016. Por ser reincidente, o lutador pode pegar até quatro anos de suspensão do MMA.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!