Esporte

Trilogia? Daniel Cormier garante desejo de enfrentar Jon Jones mais uma vez

Diego Ribas
Imagem: Diego Ribas

Ag. Fight

Ag. Fight

18/09/2017 16h14


Com duas derrotas no octógono para o rival Jon Jones, Daniel Cormier ainda não parece pronto para virar a página. O atual campeão dos meio-pesados (93 kg) lamentou a falta de oportunidades de ter uma revanche limpa e, por isso, admitiu que tem interesse em enfrentar seu rival mais uma vez. No último confronto eles, em julho, 'Bones' foi flagrado em um exame antidoping, o que anulou o desfecho do combate. No UFC 214, 'DC' foi nocauteado, mas a conclusão da luta foi alterada para 'no contest' (sem resultado, em inglês).

A amostra 'B' do exame realizado em Jones, na véspera do combate, também deu positivo para Turinabol - substância usada para melhorar o rendimento no esporte. Com a confirmação do doping, a Comissão Atlética da Califórnia deve ouvir a defesa do lutador em meados do mês de outubro. Caso seja condenado, o atleta pode ser suspenso por até quatro anos e ficar afastado dos octógonos pelo uso de um esteroide anabolizante, no mais recente capítulo negativo de sua carreira. Com isso em mente, Cormier revelou em entrevista a um programa do 'TMZ Sports' que está espantado por enfrentar este processo mais uma vez.

"A coisa mais doida de toda essa situação é que eu quero enfrentá-lo de novo. Competitivamente, ele me derrotou duas vezes. Então, é claro . As pessoas acham que eu sou louco: 'Você foi nocauteado, perdeu a primeira luta'. Mas isso não me importa. Eu gostaria de lutar. A questão é que não pudemos fazer da maneira certa. Então, isso precisaria ser o mais importante, garantir que as condições estejam iguais. Isso tudo é muito doido, é inacreditável que isso esteja acontecendo de novo e que mais uma vez estejamos vivendo essa situação", explicou o americano.

Jones e Cormier se enfrentaram pela primeira vez em janeiro de 2015, no UFC 182, que culminou com a primeira derrota da carreira de 'DC', por decisão unânime dos juízes laterais. Na edição de número 200 do evento, em julho de 2016, Bones foi flagrado em um exame antidoping às vésperas do show e acabou suspenso das competições por um ano.

O retorno do americano ao octógono se deu no show 214, quando pela luta principal da noite Jones nocauteou o arqui rival e reconquistou o cinturão da categoria. Posto que lhe foi cassado menos de dois meses depois após o flagra no exame antidoping ser constatado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo