Esporte

Ex-campeão do UFC pede punição mais dura para reincidência em casos de doping

Ag. Fight

21/09/2017 08h00

Chuck Liddell lamentou a reincidência de Jon Jones no doping - Erik Engelhart

Mesmo sem lutar desde 2010, Chuck Liddell também tem uma opinião sobre o 'caso Jon Jones'. O ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) se manifestou sobre a polêmica que tem dominado o mundo das lutas. 'Bones' foi flagrado no doping pela segunda vez em sua carreira, em exame feito antes do UFC 214, em julho. Para diminuir as situações de reincidência, o 'Iceman' pediu por punições mais duras.

Na disputa pelo cinturão da categoria, o teste de Jones deu positivo para Turinabol - substância que aumenta o desempenho. O lutador deve ser ouvido em meados de outubro para apresentar a sua defesa, e em caso de suspensão pode ficar afastado dos octógonos por até quatro anos. Sobre o assunto, Liddell percebeu que 'Bones' aumentou de tamanho em sua última performance, o que comprova o uso de anabolizantes, segundo o ex-atleta.

"Ele é o seu pior inimigo. E ele é um ótimo lutador, eu não sei o que ele decidiu, parece que em algum momento do camp que ele começaria a usar esteroides. E, obviamente, chegou a hora dele ser julgado. Mas parece bem óbvio que ele aumentou de tamanho. Eu não sei se ele precisava disso, apenas parece que ele se cercou de pessoas erradas, com ideias erradas e decidiu que usaria anabolizante, só que agora ele foi pego. É triste", comentou em entrevista para o programa 'MMA Hour'.

Esta é a segunda vez que Jones enfrenta problemas com o doping. Em julho de 2016, às vésperas do UFC 200 - onde enfrentaria Daniel Cormier -, o atleta foi flagrado nos exames com as substâncias Letrozol e Clomifeno, ambos esteroides anabolizantes. Na ocasião, o lutador ficou suspenso por um ano e alegou ter ingerido estimulante sexual contaminado. Para Liddell, enquanto as punições não forem mais duras, episódios como o de Bones não vão acabar.

"Se você quer que os lutadores parem de usar drogas que aumentam o desempenho, precisa ter penalidades quando eles são pegos. Porque vai ser uma disputa de gato e rato, de um lado tentando pegar os atletas, e do outro os caras que querem vencer os testes. Então, você precisa pagar caro, se você perder, se você estragar tudo e ser pego. Uma suspensão progressiva é o que precisa ser feito. Você precisa ser punido por mais e mais tempo, toda vez que você faz isso. Por que você vai dar para esses caras isenções e deixá-los usarem esteroides, se você não vai fazer isso com todo mundo? E é melhor para o esporte se todos estiverem limpos. Vai ser justo para todos. Vai ser mais saudável para os atletas. Então eu acho que a USADA é ótimo", explicou o ex-campeão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo