Topo

Esporte

Companheiro de treino aponta que GSP deve desafiar McGregor depois de Bisping

Ag. Fight

22/09/2017 14h15

Georges St-Pierre não luta desde novembro de 2013 - Diego Ribas

Após quase quatro anos sem pisar no octógono, Georges St-Pierre voltará a lutar no próximo dia 4 de novembro, quando enfrentará Michael Bisping no UFC 217. Caso saia derrotado, o canadense já adiantou que deve pendurar as luvas de vez. No entanto, na opinião de um companheiro de treino de GSP, ele deve desafiar Conor McGregor depois do duelo contra o britânico -  se vencer, é claro.

Em entrevista ao site 'TSN', Olivier Aubin-Mercier apontou que GSP pode pedir por uma luta contra o irlandês depois de encarar Bisping. Para o companheiro de treino de St-Pierre, essa luta seria benéfica para os dois atletas e, principalmente, para o UFC.

"Eu acho que provavelmente ele desafiará o Conor McGregor depois. Isso é o que eu faria. Acho que para o UFC, seria uma luta bem inteligente de se casar. Só tem vantagens para eles - pelo menos a curto prazo", declarou.

Considerado o maior campeão da história dos meio-médios (77 kg), GSP terá o desafio de encarar o campeão da categoria acima da sua - peso-médio (84 kg) - depois de um longo tempo afastado do octógono. Aos 36 anos de idade, o canadense coleciona na carreira um cartel com 25 vitórias e duas derrotas.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte