Topo

MMA

Córner invade cage para agredir atleta que "apagou" seu lutador; veja

Reprodução
Imagem: Reprodução

26/09/2017 11h00

Uma cena em um evento de MMA ocorrido nesse fim de semana no Brasil chamou muita atenção e vem repercutindo nas redes sociais. Durante o Capanema Fight Combat, uma verdadeira confusão foi instaurada após Silmar 'Sombra' Nunes finalizar Caio 'Paturi', mas o árbitro não perceber a inconsciência do atleta.

O trecho da luta disponível em vídeo no Twitter mostra o combate ainda em pé. Paturi parecia melhor até tentar uma queda e Sombra pegar a guilhotina que é ajustada por alguns segundos até seu adversário não dar mais sinais de resistência. Mesmo assim, o árbitro central mexe em Paturi e deixa a luta seguir até que um membro da equipe do lutador invade o cage e parte para cima de Silmar Nunes.

 

Possivelmente desesperado pela situação em que seu atleta se encontrava, o treinador separa os lutadores e começa a desferir golpes em Sombra. Neste instante, membros da outra equipe também pulam a cerca do cage para impedir que a situação saia completamente do controle e afastam o agressor.

Através de sua conta no Instagram, Silmar Sombra também publicou o vídeo do combate e aproveitou para fazer um alerta: "Se não bater, vai dormir. Mais uma vitória graças a Deus. Fui agredido no final do combate mais deu tudo ok".

Mesmo sendo agredido pelo córner de Paturi, ao final do vídeo ainda é possível ver a preocupação de Sombra com seu oponente. Percebendo a inconsciência do rival, Silmar Nunes tenta o acudir ainda dentro do octógono na cidade do Pará.

Silmar Sombra possui um longo currículo no MMA. São 35 vitórias, 12 derrotas, um empate e uma luta sem resultado. Já Paturi chegou ao seu nono revés, além de contar com 11 vitórias, um empate e também uma luta sem resultado. 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!