MMA

Empresário de Werdum rebate Ferguson: "Sinal de insegurança"

Diego Ribas
Imagem: Diego Ribas

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

05/10/2017 14h09

 

A semana começou com uma polêmica no mínimo inusitada. O peso-leve (70 kg) americano Tony Ferguson se desentendeu com o brasileiro peso-pesado Fabrício Werdum durante um evento promovido pelo Ultimate antes do UFC 216, que acontecerá neste sábado (7), em Las Vegas (EUA). Os motivos para o entrevero não ficaram tão claros, mas 'El Cucuy' chegou a citar o nome de Ali Abdelaziz, empresário do gaúcho.

A Ag Fight foi atrás do empresário para ouvir sua versão e tentar entender qual seria o motivo do comportamento arredio do americano durante o evento. E, ao menos para Abdelaziz, tudo não passa de uma insegurança de Ferguson, que ainda carregaria resquícios de discussões por conta de Khabib Nurmagomedov, outro atleta que ele agencia e que está e rota de colisão com 'El Cucuy' no octógono.

"Tony Ferguson é uma pessoa confusa. Ele não sabe se é branco, negro, hispânico... Ele é um cara confuso e isso é sinal de insegurança. Ele é um cara inseguro. Deveria enfrentar o Khabib, mas isso não aconteceu. Ele continuou falando com Khabib no Twitter, mas Khabib o ignorou. E eu respondi porque ele estava falando coisas muito loucas. E eu sempre vou ficar 100% com os meus caras", afirmou o empresário.

"Mas no fim das contas nada disso é pessoal. Não tenho nada contra ele pessoalmente. Acho que Kevin Lee vai chutar o traseiro dele no sábado. Ou ele talvez vença, não sei. Mas estou torcendo por Kevin Lee com certeza. Não interessa! Eu tenho um animal treinando na Rússia e ficando pronto para qualquer um desses caras. Já está no peso, ele vai voltar e acabar com esses caras", completou.

Ferguson iria enfrentar Nurmagomedov no UFC 209, em março deste ano, mas o russo passou dias antes do evento e teve que cancelar sua presença - o que irritou o americano. Abdelaziz até demonstrou entender a chateação do atleta, mas previu um futuro nada glorioso para Tony Ferguson.

"Ele tem uma razão para estar chateado, mas, novamente, eu não dou a mínima para o Tony. Ele é um idiota. Ele falou que queria lutar com Fabrício. Fabrício iria matá-lo. Iria colocá-lo no bolso. No fim das contas, isso só faz as pessoas o odiarem ainda mais. Mas depois disso ele vai perder, começar a lutar no Fight Pass e ninguém mais vai ligar para ele. Mas acho que ele é um bom lutador também, tenho que dar algum respeito. Apenas não ligo para ele. Tenho cinco lutadores lutando nesse fim de semana e estou focado neles", encerrou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo