MMA

Demetrious Johnson finaliza no 5ª round e quebra recorde de Anderson Silva

Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Demetrious Johnson comemora após defender seu cinturão contra Ray Borg no UFC 216 Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

08/10/2017 01h04

Único campeão da história dos pesos-moscas (57 kg) do UFC, Demetrious Johnson entrou no ginásio T-Mobile Arena com a missão não apenas de manter seu título como também quebrar o recorde de Anderson Silva de maior sequência de defesas de cinturão bem sucedidas da história. E o rival Ray Borg não foi páreo para impedir que uma nova marca histórica fosse registrada neste sábado (7), em Las Vegas (EUA).

Dono das ações, 'DJ" preferiu começar a luta andando para trás e jogando no erro do rival, que não demorou a chegar. Ao tentar segurar um chute do campeão, Borg se desequilibrou e seu oponente pegou suas costas. A partir daí, a sequência de troca de posições no chão sempre contou com Demetrious a frente, golpeando e buscando finalizações.

Vantagem essa que quase foi anulada na etapa seguinte, quando Borg entrou para o seleto grupo de atletas que conseguiu derrubar o DJ no octógono. Ansioso para reverter a posição, o campeão quase se complicou ao dar as costas em uma levantada afobada. No entanto, ao perceber as intenções do desafiante, ele virou de frente, caiu por cima e retomou o domínio territorial.

No terceiro round, um verdadeiro passeio. Melhor lutador peso por peso da atualidade, DJ simplesmente não tomou conhecimento do adversário e dominou por completo tanto em pé como no chão. Com preciso ground and pound, algumas oportunidades de finalização surgiram e só esbarraram na defesa do desafiante, que sobreviveu aos cinco minutos com raça.

No quarto e quinto rounds, mais do mesmo, e a diferença de preparo físico se vez presente, como de costume. E, comum rival cada vez mais cansado, DJ não tardou em mostrar que sua evolução no chão é de impressionar. Faltando pouco tempo para acabar a luta, uma justa chave de braço deu números finais ao duelo. Um novo recorde foi escrito com a 11ª defesa de cinturão seguidas do americano.

Confira os resultados do UFC 216:

Demetrious Johnson finalizou Ray Borg no 5º round;
Fabrício Werdum finalizou Walt Harris no 1º round;
Mara Romero Borella finalizou Kalindra Faria no 1º round;
Beneil Dariush e Evan Dunham empataram;
Cody Stamann venceu Tom Duquesnoy por decisão dividida;
Bobby Green e Lando Vannata empataram;
Poliana Botelho venceu Pearl Gonzalez por decisão unânime;
Matt Schnell venceu Marco Beltrán por decisão unânime;
John Moraga nocauteou Magomed Bibulatov no 1º round;
Brad Tavares venceu Thales Leites por decisão unânime.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo