Topo

Esporte

Dana White se rende ao talento de Demetrious Johnson: "Maior de história"

Diego Ribas
Imagem: Diego Ribas

Diego Ribas, em Las Vegas (EUA)

Ag. Fight

09/10/2017 06h00

Demetrious Johnson escreveu o seu nome na história do UFC. Ao ser bem-sucedido em sua 11ª defesa de cinturão seguida, o americano quebrou o recorde de Anderson Silva e se tornou o maior campeão da evento. Na edição de número 216 do show, no último sábado (7), o atleta aplicou uma chave de braço, derrotou Ray Borg e se consagrou no octógono. Por isso, Dana White não economizou ao dizer que 'DJ' é "o maior lutador de todos os tempos".

Apesar de possuir o título da divisão peso-mosca (57 kg), o americano não rende tanto dinheiro quanto os campeões das outras categorias - o atleta é o que vende menos pay-per-views se comparado aos demais donos de cinturão. Contudo, a torcida reconheceu a excelente atuação de Johnson, vibrou com os golpes aplicados e gritou o seu nome durante a luta.

"Demetrious é incrível. Ele é o melhor de todos, quebrou o recorde do Anderson Silva e fez isso de uma maneira espetacular. E eu sinto como se eu desrespeitasse um pouco o Ray Borg com toda a história do TJ Dillashaw , mas o caso é que mostrou a que veio, eu não quis desrespeitá-lo. E, no último round, parecia que Johnson sabia o que iria fazer e como ele faria", comentou o cartola.

"Hoje a noite a torcida estava gritando o nome dele, mas é isso. Às vezes as pessoas demoram mais para gostar de alguém. O próprio Anderson Silva, o pessoal falava dele, até o dia em que ele chutou Vitor no rosto e explodiu".

Antes da luta contra Ray Borg, Johnson e 'Spider' dividiam o recorde de mais defesas de cinturão bem-sucedidas consecutivas, com 10 vitórias cada um. 'DJ' ganhou o cinturão em setembro de 2012, quando derrotou Joseph Benavidez por decisão dividida dos juízes laterais.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte