MMA

Georges St-Pierre descarta interesse em luta contra McGregor

Chris Young/AP
Georges St-Pierre Imagem: Chris Young/AP

Ag. Fight

Ag. Fight

09/10/2017 11h42

 

Georges St-Pierre retornou da aposentaria e enfrentará Michael Bisping no UFC 217, evento que acontece no próximo dia 4 de novembro, em Nova York (EUA). O confronto terá em disputa o cinturão da divisão peso-médio (84 kg), mas, ao contrário do que sugerem os boatos que correm nos bastidores da organização, "GSP" descartou a possibilidade de desafiar o atual campeão dos leves (70 kg), Conor McGregor, após essa peleja.

Os rumores de um confronto entre o 'Notorious' e St-Pierre começaram no UFC 196 - que aconteceu em março de 2016, em Las Vegas (EUA) - quando o canadense foi assistir ao show. Em entrevista para o canal 'ESPN', o atleta explicou que tudo não passou de um mal-entendido, já que ele foi ao evento para uma reunião com a organização.

"Eu apareci na luta porque Lorenzo Fertitta me pediu para ir, na época o meu agente estava negociando com o UFC. Ele me queria lá. Não sei se ele tinha alguma coisa a mais na cabeça, mas eu só fui até lá por causa da reunião. Não tinha nenhum plano de desafiar Conor McGregor, nós não competimos na mesma divisão", esclareceu o lutador.

Antes de deixar os octógonos por alguns anos, St-Pierre competia pela divisão meio-médio (77 kg) e foi o campeão entre 2008 e 2013 - quando encerrou sua carreira temporariamente. McGregor também tem experiência nessa categoria, já que fez duas lutas antes de conquistar o cinturão dos leves. Contudo, o canadense afirmou que está focado no seu próximo desafio e que não pretende transitar entre as divisões.

"Tudo é possível, mas todo mundo está mirando em Conor McGregor por causa do dinheiro. Ele é rentável. Mas eu não desafio lutadores que competem em categorias mais baixas que eu. Eu simplesmente não faço isso. Eu vou lutar com Michael Bisping agora e estou focado nisso", garantiu o canadense.

St-Pierre estreou no UFC em janeiro de 2004 e se tornou o campeão da categoria meio-médio, pela primeira vez, em novembro de 2006. Apenas em abril de 2008 que o atleta voltou a possuir o título e o manteve até abandonar o torneio, em novembro de 2013.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Topo