MMA

Torcedor "tapa buraco" em evento de MMA e conquista o cinturão

Leonardo Fabri/ Divulgação
Luiz Felipe Alvim Imagem: Leonardo Fabri/ Divulgação

Ag. Fight

Ag. Fight

10/10/2017 06h00

O cinturão da categoria meio-médio (77 kg) do Juiz de Fora Fight tem um novo dono: Luis Felipe Alvim. Mas isso apenas porque o lutador comprou o ingresso para assistir o evento da arquibancada e aproveitou a um vazio no card para desafiar Carlos Eduardo Blade na luta principal da noite. O valente atleta é na verdade professor de muay thai e praticante de jiu-jitsu, e foi com essas técnicas que conseguiu finalizar seu oponente no primeiro round, mesmo sem nunca ter treinado artes marciais mistas.

Na véspera do evento, Blade pesou 400 gramas a mais que o limite da categoria, mas o seu oponente original, Claudinei Kall, aceitou o combate mesmo assim. No entanto, com o show prestes a começar, Kall desistiu do confronto sem maiores explicações. Alvim, que já estava na arquibancada, soube do que estava acontecendo e se colocou à disposição da organização para realizar a luta. A JFF e seu rival aceitaram o desafio, e assim o espectador entrou no card.

"Eu vim, paguei o ingresso normal, eu e minha namorada, gastamos 80 reais porque um amigo fez mais barato. Cheguei aqui, ninguém esperava isso, nem eu mesmo. Apareceu a luta, e eu falei que lutaria", explicou o professor de muay thai através da assessoria de imprensa do evento.

"Isso faltando uma hora para a luta. Fui para lutar em pé, graças a Deus meu chão está muito treinado, pois estou treinando muito jiu-jitsu. Apesar de ser oriundo do muay thai, deu tudo certo no chão. Tomei uns dois 'flashs' ali no 'ground and pound', mas no final achei o triângulo".

As 1.500 pessoas presentes ovacionaram Alvim depois do combate, alguns até invadiram o cage para levantar o novo campeão. O professor de muay thai aproveitou o momento de glória e pediu a namorada em casamento e ainda comemorou a sua primeira bolsa de MMA.

"Antes do evento, eu trouxe uma bolsa cheia de brownies para vender e poder pagar o ingresso, só que cheguei atrasado e já não tinha ninguém do lado de fora para comprar. Pensei: 'Ferrou! Estou sem dinheiro para passar o mês'. Mas Graças a Deus, e não tem outra explicação, aconteceu isso tudo e agora eu volto para casa com o dinheiro da minha primeira bolsa de MMA", vibrou o novo campeão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Na Grade do MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Blog do Ohata
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Topo