MMA

Após polêmica, Covington rebate brasileiros e critica "panelas" na academia

Leandro Bernardes/Framephoto
Colby Covington provoca torcida após vencer Damian Maia Imagem: Leandro Bernardes/Framephoto

Ag. Fight

01/11/2017 13h08

Depois da sua passagem pelo Brasil para realizar a penúltima luta do UFC São Paulo que aconteceu nesse sábado (28), Colby Covington foi criticado pelas duas declarações polêmicas com relação ao país. Tanto a direção da organização, quanto um dos líderes da American Top Team e atletas brasileiros, incluindo os da sua própria academia, reprovaram a atitude do atleta. Mas parece que isso não afetou nem um pouco o que pensa o americano.

Durante os dias que passou no país, Covington reclamou do clima, da comida e disse, depois de vencer Demian Maia, que "os brasileiros são um lixo". Isso causou a ira do público presente no ginásio do Ibirapuera, que atirou diversos objetos em direção ao americano enquanto ele deixava o octógono em direção ao vestiário. Toda essa situação causou reações das mais diversas.

Amanda Nunes, que também treina na American Top Team, escreveu em seu Twitter que o americano "é um saco de m***". Antonio "Pezão" Silva também criticou a postura de Covington e pediu respeito pelos seus companheiros de time. Porém, o desafeto dos brasileiros não pareceu ligar para as críticas recebidas e afirmou que sempre houve uma linha que divide os atletas do Brasil daqueles que defendem os Estados Unidos na academia.

"Eu realmente não me importo com Amanda Nunes. Eu realmente não me importo com o 'Pezão' Silva. Eles não são meus amigos. Nunca foram meus amigos e nunca serão", respondeu o americano.

"Não somos um time. Eu não faço parte de um time. Não é um esporte que se marca pontos, como o basquete e o futebol, onde se tem uma equipe. Esse é um esporte individual. Eu represento a American Top Team, mas não represento nenhum outro lutador na academia. Sempre existiu uma linha entre americanos e brasileiros. E eu digo isso desde o início: tem um monte de panelinhas na ATT. Se você voltar nas minhas entrevistas, você vai saber que isso não é novo. Então, é o que é", disse.

Covington venceu Demian Maia por decisão unânime dos juízes laterais. Com esse resultado, o atleta segue com apenas uma derrota em seu cartel como profissional de MMA. A única vez que o americano perdeu no cage foi para o brasileiro Warlley Alves, por finalização.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Redação
Redação
Topo