MMA

Empresário afirma que Conor McGregor enfrentará Tony Ferguson

Getty Images
Conor McGregor celebra em balada em Las Vegas após luta contra Floyd Mayweather Imagem: Getty Images

Ag. Fight

01/11/2017 12h10

A unificação do cinturão da categoria peso-leve (70 kg) vai acontecer. Ao menos é o que garante o empresário tanto de Tony Ferguson quanto de Conor McGregor, Audie Attar. Apesar do desejo do irlandês em realizar uma trilogia com Nate Diaz, o agente afirmou que é natural que a divisão tenha apenas um campeão. A única incerteza do responsável pelas carreiras dos atletas é quando esse encontro acontecerá.

McGregor se tornou o campeão dos leves (70 kg) em novembro de 2016 e não defendeu o seu título desde então. Com isso, no UFC 216 - que aconteceu no último dia 7 de outubro, em Las Vegas (EUA) - Ferguson enfrentou Kevin Lee e tomou posse do cinturão interino da divisão, depois de finalizar o seu adversário. Por isso, Attar defendeu, em entrevista para o podcast "Believe You Me", que o americano conquistou o direito de ter uma luta que possa lhe dar oportunidade de ocupar o posto mais alto da categoria.

"Não posso dizer com quem o Conor vai lutar em seguida. Eis o que eu vou falar: Tony merece uma luta pelo cinturão. Ele ganhou o título interino. Conor não foge de desafios. A luta com o Nate faz sentido, obviamente, porque seria uma trilogia. Eles nunca lutaram na divisão de 70 kg, mas faz sentido. Mas eu acredito que quando o Tony e o Conor se enfrentarem, o cinturão será validado. Vai colocar em jogo o título e é disso que se trata", explicou o empresário.

Mesmo sabendo que a qualquer momento os seus atletas podem se encontrar no UFC, Attar afirmou que isso não é um problema e que é inevitável quando se gerencia dois atletas que competem em alto nível no mesmo esporte. O confronto entre o americano e o irlandês se torna ainda mais viável uma vez que o cinturão precisa ser unificado.

"Esse é um esporte que eles vão competir. Se você tem clientes na mesma divisão de peso, e eles estão no topo da categoria, eles vão se encontrar. E com o Tony e o Conor isso é inevitável. Você tem o campeão linear e o campeão interino dos leves, então, essa é uma luta que vai acontecer naturalmente", comentou o empresário.

McGregor se tornou o campeão dos leves ao nocautear Eddie Alvarez, em novembro do último ano. Depois disso, o irlandês decidiu se aventurar no boxe e desafiou Floyd Mayweather para uma superluta. Com a empreitada nos ringues, o peso-leve não deve voltar ao UFC neste ano, o que adia ainda mais a unificação do título da categoria.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Redação
Redação
Topo