Esporte

"Mais forte e mais novo", Borrachinha aponta vantagens diante de ex-campeão do UFC

Diego Ribas, em Nova York (EUA)

Ag. Fight

02/11/2017 10h01

Dono de uma ascensão meteórica no maior torneio de MMA do mundo, Paulo 'Borrachinha' estreou em março deste ano no UFC e já fará parte de um dos eventos mais importantes do ano na organização. O mineiro medirá forças com Johny Hendricks, ex-campeão dos meio-médios (77 kg) do Ultimate, na primeira luta do card principal da edição de número 217, que será realizada neste sábado (4), em Nova York (EUA).

E encarar um ex-campeão logo em sua terceira luta no UFC poderia fazer o atleta de apenas 26 anos se sentir pressionado, mas esse não parece ser o caso de Borrachinha. Mostrando a sua habitual confiança que o levou a ter destaque no evento de forma avassaladora, o mineiro garantiu que não enxerga qualquer tipo de vantagem para o americano neste duelo.

"Acredito que estou bem treinado para o que ele vai tentar fazer. Acho que ele vai querer botar para baixo ou ficar na grade para enrolar. Vim três semanas antes para os Estados Unidos para treinar isso. Essa parte está atualizada e em dia. Ele não vai conseguir me colocar para baixo e se colocar eu vou levantar rápido. A luta vai se manter no meu plano de jogo, que é lutar em pé e nocautear. Nesse confronto de estilos, eu acho que tenho todas as vantagens. Sou maior, mais forte, mais novo e tenho mais potencial para acabar com essa luta mais rápido", garantiu o brasileiro em conversa com a Ag Fight.

Borrachinha cansou de dizer que estava pronto para um desafio maior após sua vitória diante de Oluwale Bamgbose em junho. O mineiro chegou até a fazer pressão para encarar Vitor Belfort, mas o duelo foi negado pelo carioca. Pensando no futuro, o atleta acredita que uma vitória diante de Hendricks pode trazer pontos positivos e negativos, já que deixará seu nome mais em evidência.

"Pelo lado de eu ficar mais conhecido vai ajudar a aceitarem mais luta, mas por outro lado vão reconhecer que sou um lutador mais completo e pode ser que não queiram tanto lutar comigo", analisou.

Borrachinha possui um cartel perfeito até aqui com dez vitórias e nenhuma derrota como profissional de MMA. Foram nove nocautes e uma finalização, sendo que apenas um combate passou do primeiro round.

Veja abaixo a entrevista na íntegra:

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo