MMA

TJ Dillashaw faz campanha por superluta entre campeões e Dana White aprova

Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
TJ Dillashaw exibe cinturão de campeão do UFC Imagem: Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Diego Ribas, em Nova York (EUA)

Ag. Fight

05/11/2017 12h36

TJ Dillashaw reconquistou seu cinturão dos pesos-galos (61 kg) do UFC após belo nocaute sobre Cody Garbrandt no último sábado (4), em Nova York (EUA). E já de olho no futuro, o americano parece mais interessado nas tão faladas 'money fights' do que em defender seu posto de campeão.

Tanto que durante uma conversa com jornalistas logo após o show de número 217 da empresa, o americano se antecipou em clamar por uma superluta com Demetrious Johnson, campeão dos pesos-moscas (57 kg) que, curiosamente,negou enfrentá-lo meses atrás.

"O Demetrious não pode fugir dessa luta, é muito grande. Ele quebrou o recorde do Anderson Silva agora , eu sei, mas vamos fazer dinheiro. Ele fala de fazer uma luta de sete dígitos, então vamos lá", narrou.

Ao que tudo indica, por se tratarem de dois campeões, a possibilidade de um peso-combinado existe ao mesmo tempo que TJ parece disposto a descer de peso e encarar o compatriota, dono de 11 defesas bem-sucedidas do título dos moscas.

"A razão para eu olhar para o cinturão de 57 kg é porque funciona. Eu coloco peso para lutar de 61 kg, eu não sou o maior na minha divisão, e ando com 69 kg. Mas isso porque eu sigo a dieta e me mantenho limpo desde o TUF", garantiu.

O triunfo sobre Cody Garbrandt encerrou, ao menos momentaneamente, a polêmica com o rival. Dessa forma, mirar em uma disputa cuja grande motivação seria o cheque polpudo ao final do show parece fazer sentido, ainda mais pelo fato de Dana White, presidente do evento, ter sinalizado positivamente para tal possibilidade.

"Ele deveria estar aberto, ele chora faz tempo sobre fazer lutas grandes. Isso faria sentido,e ele sabe que eu estou aberto a isso. E agora os dois têm cinturões", finalizou o cartola também durante a mesma coletiva de imprensa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Redação
Redação
Topo