Topo

MMA

Borrachinha chama Brunson de frouxo e promete "acabar com raça" do lutador

Wander Roberto/UFC
Paulo Borrachinha estreia no UFC com vitória por nocaute no primeiro round contra Garreth McLellan Imagem: Wander Roberto/UFC

Diego Ribas, em Nova York (EUA)

Ag. Fight

06/11/2017 12h09

 

Em franca ascensão dentro do maior torneio de MMA do mundo, Paulo 'Borrachinha' não perdeu tempo. O brasileiro ainda invicto na carreira usou o microfone para desafiar Derek Brunson após vencer Johny Hendricks no UFC 217, realizado nesse sábado (4), em Nova York (EUA). Acontece que o americano parece não estar muito disposto a aceitar o chamado e chegou até a acusar o mineiro de fazer uso de anabolizantes.

A reportagem da Ag. Fight conversou com Borrachinha pouco depois das acusações para ouvir o que ele tem a dizer sobre as falas do americano. E se Brunson tem palavras duras, não faltam respostas pelo lado do brasileiro contra seu possível rival, a quem acusa de estar fugindo e se escondendo atrás de falsas informações.

"Acabei de ver no Twitter que ele conseguiu dados dizendo que a USADA só me testou uma vez, mas que se eu fosse testado mais vezes ele poderia lutar comigo no meio do ano. Gostaria de dizer para ele que ele é um covarde, um frouxo. Não sei de onde ele pegou esses dados mentirosos. Só neste mês eu fui testado mais de quatro vezes. No total, cinco. E desde que estou no UFC fui testado dez vezes. A USADA e o UFC têm esses dados. Esse argumento fajuto dele não faz sentido nenhum. Vou colocar nas redes sociais os meus testes e quero ver qual será a desculpa dele para continuar fugindo", disparou Borrachinha.

"Ou ele diz que aceita ou não aceita. Se o cara tem medo, tem que falar que tem medo e não quer lutar com alguém. Ele não merece estar no UFC. O Johny Hendricks é um homem de verdade porque aceitou a luta e não inventou desculpa. Ele está inventando desculpas e sendo frouxo porque tem medo. Se o UFC colocar outro cara para lutar com ele estará fortalecendo essa atitude de frouxo. Se colocar comigo, vou acabar com a raça dele", completou.

As acusações de Brunson deixaram Borrachinha tão irritado que ele garantiu agora alimentar raiva pessoal do rival. Sem papas na língua, o brasileiro acredita que o americano esteja com medo de enfrentá-lo e suas palavras são apenas para ter motivos para não enfrentá-lo.

"Gostaria só de quebrar a cara dele. É o único cara que tenho raiva de bater. É frouxo, não é homem e é mentiroso ainda por cima. Está com medo de lutar comigo e está inventando desculpas. Vou provar que é mentira e quero saber qual é a próxima desculpa para correr de mim", afirmou.

Aos 26 anos de idade, Paulo Borrachinha detém um cartel perfeito com 11 vitórias e nenhuma derrota no MMA. Nove de suas lutas não passaram do primeiro assalto e as outras duas foram apenas até o segundo round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!