MMA

Colby Covington volta a desafiar Woodley e diz que o "quebrou no treino"

Leandro Bernardes/Framephoto
Colby Covington provoca torcida após vencer Damian Maia Imagem: Leandro Bernardes/Framephoto

Ag. Fight

Ag. Fight

08/11/2017 11h23

A estratégia de Colby Covington para conseguir disputar o cinturão tem sido bem clara: se envolver em polêmicas para atrair a atenção do público e dos matchmakers da maior organização de MMA do mundo. Em sua passagem pelo Brasil, onde lutou com Demian Maia no UFC São Paulo - que aconteceu no último dia 28 de outubro -, o americano causou polêmica no país ao classificar os brasileiros como "animais imundos". Depois de vencer o 'co-main event' por decisão unânime dos juízes laterais, o 'Caos' pediu por uma luta que valha o título.

Em sua mais recente provocação, o americano postou um vídeo no Instagram em que reforça o desafio feito ao atual campeão da categoria. Na legenda da publicação, Covington escreveu: "O desafio foi feito para a fofoqueira Tyron Woodley, aceite o desafio ou diga ao mundo a verdadeira razão para você não querer lutar comigo. Porque eu o quebrei na academia" (assista abaixo ou clique aqui).

"Todas essas coisas que o Tyron está dizendo são falsas, não são fatos, eu falo a verdade. Eu sou o próximo desafiante da fila, Tyron. Você diz que eu seria uma luta fácil, você diz todas essas coisas. Então, por que você não quer enfrentar o próximo da fila e lutar com um adversário fácil? Você não fará um evento rentável com o 'GSP', você não é rentável. Eu sou rentável. Por isso, lute comigo, Tyron Woodley", provocou o americano.

O dono da American Top Team, academia onde o meio-médio treina, manifestou a sua desaprovação em relação ao discurso de Covington sobre Woodley. Na ocasião, Dan Lambert disse que "odeia" as declarações do seu lutador, mas que o lutador está no direito dele de chamar a atenção para conseguir a luta pelo título. No vídeo postado, parece que o americano também tem uma resposta para isso.

"Eu disse a Dan Lambert para dar a p... de um tempo. Eu vou fazer o que tiver que fazer. Eu sou o rei da divisão, essa é a minha divisão", atacou o atleta.

Covington é o atual terceiro colocado no ranking oficial do UFC, na divisão peso meio-médio (77 kg). O seu cartel como profissional de MMA é quase impecável, já que contém apenas uma derrota para o brasileiro Warlley Alves, em 2015.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo