MMA

Do projeto social ao UFC. Conheça a carreira de Viviane "Sucuri"

Marcelo de Jesus/UOL
Viviane Sucuri venceu Jamie Moyle no UFC 212 Imagem: Marcelo de Jesus/UOL

Felipe Castello Branco, no Rio de Janeiro (RJ)

Ag. Fight

09/11/2017 08h00

 

No último mês de dezembro, quando ainda tinha 23 anos de idade, Viviane Pereira fez sua estreia no UFC. E o caminho para chegar no maior torneio de MMA do mundo não foi fácil para a brasileira. Nascida na pequena cidade de Tauá, no interior do Ceará - município com menos de 100 mil habitantes -, 'Sucuri' teve a oportunidade de dar seus primeiros passos no esporte através de um projeto social realizado em Fortaleza. Mas foi somente após a sua terceira luta como profissional que a peso-palha (52 kg) teve certeza de que essa era a carreira que queria para sua vida.

Durante uma conversa com a reportagem da Ag. Fight, Viviane contou que, ao ficar sabendo de um programa social perto de sua casa, resolveu se arriscar nas artes marciais. A partir de então, o gosto e o talento fizeram com que a brasileira não abandonasse mais o esporte.

"Eu comecei praticando artes marciais em um projeto social que tinha perto da minha casa. Vi uma aula, achei uma coisa diferente e perguntei se poderia fazer. Me permitiram, eu fui tomando gosto e fazendo minhas primeiras lutas. Com as vitórias nunca mais deixei de praticar", revelou.

Em 2013, Viviane fez sua estreia como lutadora profissional e, no mesmo ano, subiu no cage para uma luta que iria mudar a sua vida. De acordo com a Sucuri, foi após o seu duelo contra Duda Yankovich - onde ela venceu por nocaute mas também foi duramente castigada pela sérvia - que ela teve a certeza de que "nasceu para lutar".

"Na minha luta contra a Yankovich que tive certeza do que queria para minha vida. Foi uma das minhas primeiras apresentações como profissional. Passei quinze dias sem conseguir enxergar dos dois olhos. Foi um aprendizado inexplicável. Nasci para isso", afirmou.

Conhecida como a Sucuri, a brasileira contou que o apelido surgiu durante as atividades com as novatas na academia. Como tinha que "pegar leve" com as companheiras de treino, Viviane buscava sempre o clinche e, com a sua força, conseguia controlar as adversárias. A semelhança com a pujança do animal não passou despercebida na equipe.

"Esse apelido surgiu na academia. As vezes, nós fazíamos um treino com os novatos onde não podíamos bater com força, tínhamos que pegar leve. Então, eu buscava sempre o clinche e as meninas falavam, 'Nossa, muito forte, parece uma cobra'. De todas as cobras, ficou 'Sucuri'", declarou.

No próximo sábado (11), Viviane está escalada para subir pela terceira vez no octógono do Ultimate. No UFC Fight Night 120, evento que será realizado em Norfolk (EUA), a brasileira enfrentará a americana Tatiana Suarez e garantiu que está pronta para anotar mais uma vitória no seu cartel.

"Vou tentar impor o meu jogo, mas sem subestimar a minha adversária. Estou preparada para tudo. Tanto na parte de trocação, que é o meu forte, como na parte de chão", finalizou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Redação
Redação
Topo