MMA

Junior "Baby" decepciona e perde para ex-campeão do UFC; Poirier vence

Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Brasileiro Junior Baby leva soco de Andrei Arlovski em luta válida pelo UFC Norfolk Imagem: Brandon Magnus/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

12/11/2017 04h12

Último brasileiro a entrar em ação no octógono do UFC Norfolk neste sábado (11), Junior "Baby" não rendeu o esperado e acabou superado por decisão unânime dos jurados. Apesar de mais jovem e rápido, o aspirante a ídolo não rendeu o esperado diante do veterano Andrei Arlovski e não conseguiu tirar proveito de sua má fase.

Disposto a impor respeito e cansar o rival de quase 40 anos, Baby partiu para cima e atacou com cruzados, aproveitando as oportunidades de infight para clinchar e levar o bielo russo para a grade. No entanto, a tática não surtiu efeito.

No lugar de cansar os braços do veterano, Junior foi quem caiu de rendimento e perdeu a explosão em seus ataques. A partir daí, a experiência falou mais alto e Arlovski levou a melhor nos dois últimos rounds. Com melhor jogo de perna e com golpes de encontro precisos, o ex-campeão dos pesados do UFC voltou a vencer após acumular cinco derrotas seguidas.

Má fase

Três anos atrás, Anthony Pettis era o campeão peso-leve (70 kg) do UFC e um dos nomes de maior visibilidade do MMA. No entanto, após perder o cinturão para Rafael dos Anjos, o "Showtime" nunca mais foi o mesmo e amargou derrotas, mudanças de categoria, falha na balança e insatisfação de seus fãs. E neste sábado, outro capítulo foi escrito.

Com uma estratégia conhecida, Pettis voltou a caminhar para trás e ser "abafado" com pressão constante e sucessivas tentativas de queda. Por três rounds, Dustin Poirier não parou de atacar e trocou de posições no chão seguidamente, o que cansou seu oponente e abriu brechas para que ele conectasse fortes cotoveladas.

Com o passar do tempo, "Showtime" caiu de rendimento, foi castigado e, enquanto o oponente montava no terceiro assalto, pediu para parar alegando uma lesão nas costelas.

Confira os resultados do UFC Norfolk:

Dustin Poirier venceu Anthony Pettis por desistência no 3º round;
Matt Brown nocauteou Diego Sanchez no 1º round;
Andrei Arlovski venceu Júnior 'Baby' Albini por decisão unânime;
Cezar 'Mutante' venceu Nate Marquardt por decisão dividida;
Raphael Assunção nocauteou Matthew Lopez no 3º round;
Clay Guida nocauteou Joe Lauzon no 1ª round;
Marlon Moraes venceu John Dodson por decisão dividida;
Tatiana Suarez venceu Viviane 'Sucuri' por decisão unânime;
Sage Northcutt venceu Michel Quiñones por decisão unânime;
Nina Ansaroff venceu Angela Hill por decisão unânime;
Sean Strickland venceu Court McGee por decisão unânime;
Jake Collier venceu Marcel 'Mãozinha' Fortuna por decisão unânime;
Karl Roberson finalizou Darren Stewart no 1º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Redação
Topo