Topo

Esporte

Anderson Silva agradece apoio e garante investigação sobre doping

Ag. Fight

16/11/2017 20h07

Anderson Silva voltou a se pronunciar sobre o seu novo caso de doping que o forçou a deixar o UFC Xangai, onde enfrentaria o americano Kelvin Gastelum no dia 25 de novembro. Em uma publicação em suas redes sociais, Spider agradeceu o apoio e carinho dos fãs e garantiu que sua equipe está investigando o que pode ter causado a falha no teste.

"Para todos os meus fãs, obrigado por todo o apoio que me deram nessa semana, isso significa muito para mim e para a minha família. Eu apenas gostaria de manter vocês atualizados sobre o que está acontecendo no momento. Meu time médico está trabalhando bem próximo com a USADA para descobrir o motivo da suspensão do UFC Xangai. Esperamos ter novidades em breve. Tenho lutado por quase 20 anos sempre tentando ser um exemplo para meus fãs e para o esporte. Quero agradecer todos vocês pelo apoio e vejo vocês em breve em uma próxima luta", diz o comunicado.

Antes disso, o próprio Anderson havia publicado uma outra mensagem em suas redes sociais onde afirmava que não desistiria da carreira. Aos 42 anos de idade, se for confirmado o doping do brasileiro por anabolizante, ele pode pegar até quatro anos de suspensão.

Para o lugar de Anderson Silva, o UFC escalou Michael Bisping para encarar Gastelum. O inglês perdeu o cinturão dos médios (84 kg) no último dia 2 de novembro, ao ser finalizado por Georges St-Pierre.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em Ago 8, 2015 às 9:50 PDT

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte