Topo

Esporte

Germaine de Randamie nega ter aceitado enfrentar brasileira: "Nunca assinei"

Ag. Fight

Ag. Fight

17/11/2017 17h41

Cerca de uma semana atrás, a notícia de que Ketlen Vieira enfrentaria Germaine de Randamie no UFC Belém, marcado para o dia 3 de fevereiro, se espalhou pelos sites especializados em MMA. A informação ganhou contornos de confirmada quando a brasileira publicou em seu Instagram uma montagem em que aparece lado a lado com a holandesa e na legenda pediu força para vencer mais um desafio. Mas tudo mudou!

Dois dias atrás, Ketlen fez uma nova postagem onde afirmava que sua até então rival alegou lesão para deixar o duelo. A brasileira colocou em xeque a contusão da holandesa, mas garantiu que continuaria treinando. E agora foi a vez de Germaine de Randamie se pronunciar sobre o assunto.

Em conversa com o site 'MMA Fighting', a ex-campeã dos penas (66 kg) do Ultimate negou que tenha assinado o contrato para qualquer luta e garantiu ainda não estar apta a entrar em ação. Ela não sobe no octógono desde fevereiro deste ano, quando venceu Holly Holm por decisão unânime.

"Eu continuo em recuperação da minha lesão. Nunca assinei ou aceitei lutar com ninguém neste momento. O UFC também sabe que eu não estou apta a lutar agora. Eu preciso deixar meu corpo se recuperar de maneira apropriada", garantiu a holandesa, que afirmou ainda não ter previsão para retornar ao cage.

"Estou cuidadosamente começando a treinar. Mas eu tenho que levar tudo de forma muito cuidadosa. Então, me desculpe, mas eu não tenho ideia de quando voltarei a lutar", completou.

Germaine de Randamie conquistou o cinturão dos penas ao vencer Holm no UFC 208, mas a holandesa foi destituída do título por não aceitar enfrentar Cris 'Cyborg', que agora é quem reina na categoria até 66 kg. Ketlen, por sua vez, sustenta um cartel perfeito de nove vitórias e nenhuma derrota como profissional de MMA.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte