Topo

MMA

Jon Jones e Colby Covington trocam acusações e xingamentos na web

Leandro Bernardes/Framephoto
Colby Covington provoca torcida após vencer Damian Maia Imagem: Leandro Bernardes/Framephoto

Ag. Fight

17/11/2017 11h01

Colby Covington tem como missão chegar ao topo do MMA, mas para isso o americano tem criado inimizades durante o percurso. Em sua passagem pelo Brasil, quando esteve no UFC São Paulo, o atleta chegou a se referir ao povo brasileiro como "animais imundos". Depois disso, disparou ofensas contra o atual campeão da categoria meio-médio (77 kg) e se meteu em uma confusão com Fabrício Werdum, em um hotel na Austrália. Mas os seus ataques mais recentes também têm outra direção: a do ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) Jon Jones.

O americano usou o seu Instagram para escrever mais um post polêmico direcionado a Jones nessa quinta-feira (16). Na imagem, o rosto do lutador aparece sujo de cocaína, por cima de um corpo de uma mulher de costas com fileiras da droga.

A foto publicada por Covington ainda tem os dizeres: "Toc toc. M***, a USADA está aqui", o que faz referência a um episódio em que o meio-pesado foi flagrado em um teste antidoping surpresa da agência americana com cocaína em seu organismo. Na ocasião, Jones não foi suspenso por estar fora do período de competição.

"Usando o meu nome para se manter relevante, Jon Jones? Você não tem outro teste de drogas para falhar ou um octógono para se esconder embaixo, perdedor? Graças a Deus a divisão meio-pesado tem um verdadeiro campeão, como o 'DC' , para se inspirar. Porque você é uma desgraça", escreveu Covington na legenda da foto publicada.

Contudo, ao contrário do que aconteceu nas outras provocações do 'Caos', Jones não deixou essa publicação sem resposta. O ex-campeão usou o seu Twitter para se manifestar contra a postagem feita pelo meio-médio.

"Sim, porque eu tenho usado o seu nome e entrevistas falando sobre uma relação de dois anos imaginária na faculdade. Muito obrigado, irmão, você está me fazendo mais famoso. No final do dia, eu sinto pena de você. Não consigo imaginar guardar toda essa animosidade no meu coração", escreveu Jones na rede social.

"Eu entendo que você esteja tentando conseguir mais seguidores, não tem nada de errado nisso. Sua inveja e ódio de mim são claros como o dia. E a coisa mais estranha é que eu nem sei o que eu fiz para você. Não te vejo há 11 anos. Apenas desejo que você acabe com as pessoas no octógono e se torne reconhecido por isso. Você está fazendo muitos inimigos, irmão. Desejo o melhor para você. E diga para a sua mãe que eu mandei um oi, foi ótimo conhecê-la naquele único semestre que ficamos juntos. Ela é um excelente ser humano".

A última vez em que Jones esteve no octógono foi no UFC 214, que aconteceu em julho passado, contra Daniel Cormier. Na luta que valia o cinturão dos meio-pesados, 'Bones' havia conseguido um nocaute, mas depois de ter sido testado positivo para esteroides esse confronto passou a não ter resultado e o título voltou para as mãos de 'DC'. O atleta aguarda o seu julgamento pela Comissão Atlética da Califórnia e pode ficar suspenso por até quatro anos, devido à =reincidência no doping.

 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!