MMA

Werdum tenta apagar polêmica para liderar UFC Austrália de olho no cinturão

Matthew Stockman/Getty Images
Fabrício Werdum concede entrevista antes do UFC 190, no Rio de Janeiro Imagem: Matthew Stockman/Getty Images

Ag. Fight

18/11/2017 06h00

 

Escalado de última hora para salvar o card do UFC Austrália, evento marcado para este sábado (18), na cidade de Sidney, o peso pesado brasileiro Fabrício Werdum começou a semana com moral com a organização do show. Afinal, aceitar substituir o lesionado Mark Hunt para encarar Marcin Tybura sem o tempo adequado de treino é a decisão que todo promotor espera. No entanto, a polêmica em que ele se meteu é um verdadeiro pesadelo.

Após uma confusão acalorada com Colby Covington, o brasileiro atirou um bumerangue no americano, em cena filmada por fãs e lutadores que acompanhavam a discussão pela parte de dentro do hotel. A partir daí, Werdum acusou o meio-médio (77 kg) de ofendê-lo com insultos racistas em relação ao povo brasileiro, enquanto que contra ele pesava uma acusação de agressão.

A partir disso, o evento como um todo ficou em segundo plano e os protagonistas da encrenca tomaram o noticiário. Colby, que já havia xingado os brasileiros em sua passagem pelo UFC São Paulo, semanas antes, se tornou alvo de diversas críticas de fãs e lutadores. Por sua vez, o ex-campeão peso-pesado foi intimado oficialmente e terá que comparecer pessoalmente ao departamento de polícia para dar a sua versão no próximo dia 13 de dezembro.

Com isso em mente, Werdum terá que focar apenas na luta para cumprir seu papel quando assinou o contrato. Embalado por uma vitória relâmpago em outubro, o gaúcho precisa vencer de forma convincente para comprovar que merece uma chance de disputar o cinturão que já foi seu, e é essa justamente a campanha do atleta.

Desde que acertou seu retorno para o octógono, 'Vai Cavalo' se adiantou em se colocar nas mesmas condições de Alistair Overeem e Francis Ngannou, rivais no ranking oficial do UFC e que se enfrentam no dia 2 de dezembro. A seu favor, inclusive, pesava a disposição de 'tapar buraco' no card do show na Austrália. Resta saber se a confusão com Colby será um ponto negativo em seus planos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
UOL Esporte - MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo