Topo

MMA

Werdum faz luta dura, vence polonês e pede por cinturão do UFC

Mark Kolbe/Getty Images
Fabricio Werdum acerta Marcin Tybura durante UFC Austrália Imagem: Mark Kolbe/Getty Images

Ag. Fight

19/11/2017 04h28

Após uma semana turbulenta - que incluiu uma confusão com o peso meio-médio (77 kg) americano Colby Covington no hotel -, Fabrício Werdum deixou os problemas para trás e derrotou o polonês Marcin Tybura na luta principal do UFC Austrália, evento realizado na madrugada deste domingo (19), em Sydney.

Único brasileiro do card, Werdum foi chamado com pouco mais de um mês de antecedência para substituir Mark Hunt. Apesar do tempo não muito grande para se preparar, o ex-campeão dos pesados não deixou isso atrapalhá-lo dentro do octógono e passou pelo polonês com alguma dose de sofrimento, chegando ao seu segundo triunfo seguido. Com a vitória, o atual número 2 do ranking volta a poder sonhar com uma nova chance de disputar o cinturão.

"Tybura, queria te parabenizar. A minha meta é o cinturão novamente. Eu já tenho um cinturão na minha casa e quero mais um. Todas as lutas no UFC são muito difíceis. Certamente ele é um cara muito duro, mas acho que meu próximo passo é o cinturão", afirmou Werdum ainda dentro do octógono.

A luta

Parecia até que Werdum estava lutando no Brasil. Após um card onde a torcida pouco se manifestou, foi na última luta da noite que se viu mais empolgação entre na torcida australiana. E, ao que tudo indica, muitos brasileiros aproveitaram a ocasião para dar uma força ao gaúcho. O tradicional grito de 'uh, vai morrer' foi ouvido assim que o polonês entrou na arena e por diversas vezes ao longo do combate.

A empolgação vinda da torcida animou o ex-campeão, que dominou o primeiro round na luta em pé e acertou melhores golpes. No segundo assalto, Tybura conseguiu acertar dois chutes altos perigosos que assustaram os brasileiros presentes, mas Werdum se manteve em pé.

Abusando do 'clinch' típico do muay thai, o brasileiro tentou insistentemente acertar alguma joelhada no polonês, mas Tybura sempre absorveu bem os golpes. No quarto round, Werdum conseguiu colocar a luta para baixo na metade do assalto, mas o rival mostrou que também é bom de jiu-jitsu e se livrou do jogo do ex-campeão.

Quando o combate se encaminhava totalmente para o gaúcho, Tybura voltou bem melhor no quinto e último assalto. Os chutes altos do polonês entraram e fizeram Werdum balançar. Mesmo cansado, o brasileiro continuou andando para cima e correu riscos. Mas, aparentemente, também faltou fôlego ao europeu que não conseguiu terminar com a luta. Na decisão dos juízes laterais, vitória de Fabrício Werdum (50/45, 50/45 e 49/46).

O card do UFC Austrália ficou marcado pelas lutas longas e bastante equilibradas. Nos outros 12 combates, nove terminaram nas mãos dos juízes laterais - sendo que quatro resultados foram definidos por decisão dividida. Confira abaixo todos os resultados do evento realizado na madrugada deste domingo.

CARD PRINCIPAL

Fabricio Werdum venceu Marcin Tybura por decisão unânime dos juízes laterais;
Jessica Rose-Clark venceu Bec Rawlings por decisão dividida dos juízes;
Belal Muhammad venceu Tim Means por decisão dividida dos juízes laterais;
Jake Matthews venceu Bojan Velickovic por decisão dividida dos árbitros laterais;
Elias Theodorou venceu Dan Kelly por decisão unânime dos juízes laterais;
Alexander Volkanovski venceu Shane Young por decisão unânime dos juízes laterais.

CARD PRELIMINAR

Ryan Benoit venceu Ashkan Mokhtarian por nocaute no terceiro round;
Nik Lentz venceu Will Brooks por finalização (guilhotinha) no segundo round;
Tai Tuivasa venceu Rashad Coulter por nocaute no terceiro round;
Frank Camacho venceu Demien Brown por decisão dividida dos juízes laterais;
Nadia Kassem venceu Alex Chambers por decisão unânime dos juízes laterais;
Eric Shelton venceu Jenel Lausa por decisão unânime dos juízes laterais;
Adam Wieczore venceu Anthony Hamilton por decisão unânime dos juízes laterais.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!