MMA

Após desistir de cinturão do Brave, Lucas Mineiro quer subir de categoria

Srdjan Stevanovic/Zuffa LLC/Zuffa LLC
Lucas Mineiro venceu sua luta no UFC Imagem: Srdjan Stevanovic/Zuffa LLC/Zuffa LLC

Diego Ribas

Ag. Fight

20/11/2017 12h54

Depois de enfrentar problemas com a balança e precisar desistir de luta que valia o cinturão da categoria peso-pena (66 kg) no Brave 9, Lucas 'Mineiro' e sua equipe estudam uma possível mudança de divisão, para não colocar em risco a integridade física do atleta. Isso porque,  o brasileiro passou mal em seu corte de peso mais recente e tomou a decisão de se retirar do confronto que aconteceria nessa sexta-feira (17).

Em entrevista exclusiva para a Ag. Fight, Diego Lima, treinador do atleta, ressaltou que Mineiro já lutou como peso-leve (70 kg) e, por isso, não deve ter dificuldades para se adaptar no retorno a essa divisão. Apesar da mudança de categoria, o brasileiro ainda precisará cortar peso, mas não será algo tão drástico para o seu organismo quanto atingir os 66 kg, que é o limite dos penas.

"Conversamos com ele e acredito que na próxima luta dele é bem provável que seja nos 70 kg, porque ele é um cara muito forte, é um cara muito grande. Ele perde bastante peso para lutar, claro que para lutar nos 70 kg ele vai ter que fazer dieta, não vai bater brincando. Porque ele é um cara que treina muito, é um cara muito forte, ele não é um cara que tem gordura, é um cara que tem músculo", projetou o treinador.

"Ele já lutou em 70 kg no Brasil e se saiu bem. Ele é um cara grande para a categoria de 66 kg. Eu tenho certeza que o rendimento dele vai ser muito bom, que a força e explosão dele também serão ótimas. Para ele, vai ser até melhor. O corpo dele não vai sofrer tanto, é bem capaz que ele fique melhor do que ele já é. Nós vamos conversar agora e acredito eu que uma próxima luta já nos 70 kg seria uma coisa legal. Acredito que ele vai ser o Mineiro de sempre, vai soltar o jogo e meter a porrada, vai ser um cara forte na categoria".

A equipe do lutador ainda não descobriu o que pode ter causado o mal-estar durante o corte de peso para o Brave 9: The Kingdom os Champions. O brasileiro estava no Bahrein para a competição, mas Lima não sabe até que ponto a mudança para o Oriente Médio pode ter interferido no organismo do atleta.

"Eu não sei se foi a interferência da viagem, se teve interferência da alimentação aqui , não sei achar uma justificativa para isso agora. Só que, infelizmente, ele não se sentiu bem, ele passou mal e aí em respeito a integridade e ao corpo dele, a gente acabou encerrando esse processo de perda de peso dele e acabou o hidratando. Ele acabou subindo de peso, por isso, não bateu os 66 kg. Pedimos desculpa para o presidente, pedimos desculpa para o adversário, que é uma pessoa humilde e entendeu a situação", explicou Lima.

Mineiro já atuou como peso-galo (61 kg), enquanto ainda era atleta do UFC. Com a dificuldade para atingir os 66 kg, o brasileiro deve retornar à divisão peso-leve, onde já lutou do início da sua carreira, antes de ingressar na maior organização de MMA do mundo. O atleta da Chute Boxe detém um cartel com 19 vitórias e apenas três derrotas como profissional.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Redação
Ag. Fight
Ag. Fight
UOL Esporte - MMA
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Ag. Fight
Topo