Topo

MMA

Organização espera por GSP para anunciar luta com Whitthaker no UFC 211

AP Photo/Frank Franklin II
Georges St-Pierre exibe cinturão após vitória contra Michael Bisping Imagem: AP Photo/Frank Franklin II

Ag. Fight

20/11/2017 12h44

Georges St-Pierre retornou em grande estilo ao Ultimate após quase quatro anos afastado. O canadense finalizou Michael Bisping no início do mês e se tornou campeão dos médios (84 kg) do UFC. Acontece que o futuro de GSP ainda está incerto.

Ex-campeão dos meio-médios (77 kg), o canadense deixou claro após derrotar Bisping que o seu objetivo é retornar para a categoria de origem. No entanto, o contrato do campeão prevê que se ele vencesse o duelo, defenderia seu cinturão diante de Robert Whittaker, atual dono do título interino.

Como Whittaker é australiano e o UFC esteve em Sydney no último fim de semana, a especulação de que o combate possa ser realizado na edição de número 221, marcada para Perth (Austrália), foi bastante ventilada. Mas, ao que tudo indica, esse duelo está realmente nas mãos de St-Pierre para sair do papel.

"Nenhuma novidade ainda. Acho, como vocês sabem, que o ponto X agora é como Georges está. Provavelmente vai ser decidido pelo Georges. Três meses para qualquer um é uma grande reviravolta, então se pudermos marcar essa luta seria incrível. Mas ainda não há nenhuma atualização neste momento", afirmou David Shaw, vice-presidente sênior do Ultimate, em entrevista ao 'MMA Junkie' após o UFC Austrália.

"Ouça, o ponto é que queremos ter Robbie lutando em Perth. Queremos estrelas para aquele evento, tendo um pay-per-view lá. Nós queremos explodir e fazer um evento muito significante, com real impacto - não apenas para os fãs australianos locais, mas para todo o país", concluiu, deixando claro a vontade do Ultimate em contar com Whittaker para o evento.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!