Topo

MMA

Treinador diz que TJ Dillashaw "precisa" enfrentar Demetrious Johnson

Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Imagem: Jeff Bottari/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

20/11/2017 06h00

 

TJ Dillashaw voltou a reinar na divisão dos galos (61 kg) do Ultimate no último dia 4, quando nocauteou Cody Garbrandt no UFC 217, em Nova York (EUA). Mas parece que o atleta de 31 anos está pronto para desafios ainda maiores e quer porque quer acumular mais de um cinturão.

O americano pediu para enfrentar Demetrious Johnson, campeão da divisão dos moscas (56 kg), assim que foi declarado vencedor em Nova York. E agora TJ conta com o apoio do seu treinador, Duane Ludwig, que enxerga com bons olhos a superluta e considera ser um caminha inevitável para o seu pupilo.

"Acho que isso precisa acontecer. Demetrious está lutando com os melhores caras - isso funciona porque Benavidez está fora agora, ele ainda precisa esperar alguns meses por sua cirurgia no joelho. Então, nos meus olhos, gostaria de ver o TJ descer, lutar dom o Demetrious e depois voltar aos galos", afirmou o treinador ao site 'MMA Fighting'.

Segundo Ludwig, a ideia de encarar DJ já é um pensamento antigo seu e de Dillashaw. Os dois, inclusive, estavam iniciando um processo para acostumar o corpo de TJ com a categoria mais leve quando houve o chamado para encarar Garbrandt.

"Nós estávamos em rota para lutar com Demetrious em algum momento e a direção que ele ele estava tomando com sua força e condicionamento, TJ estava parecendo fenomenal e seu sparring e treinamento estavam parecendo bons. Ele estava bem de espírito. Então, obviamente, nós não chegamos a 57 kg e lutamos, mas quando estávamos a caminho disso nada realmente mudou. TJ não é um 61 kg grande, então ele pode fazer 57 kg. Não será fácil, mas ele é a pessoa mais dedicada que eu já vi. Ele realmente é", analisou.

Apesar de pedir pelo confronto e acreditar que esse deva ser o próximo passo de TJ Dillashaw, Ludwig não deixa de destacar as qualidades de Johnson. O treinador considera o campeão dos moscas um dos melhores atletas entre todas as categoria do mundo e tem certeza de que o desafio será muito grande se realmente sair do papel.

"Tem algumas áreas que nós podemos capitalizar com certeza. Mas eu não vou dizer que ele é fraco em qualquer área porque ele não é. Ele é bom em tudo. Isso é um desafio difícil, mas TJ poderia vencê-lo. Apenas acho que ele está em outro nível assim como TJ está em outro nível. Eles dois estão em outro nível comparado as suas categorias", concluiu.

TJ Dillashaw possui um cartel com 15 vitórias e três derrotas como profissional de MMA. Demetrious Johnson, por sua vez, detém o recorde de defesas de cinturão da história do UFC, com 11 triunfos pelo título seguidos. Ele é o único atleta a ter reinado na divisão dos moscas desde que ela foi criada no UFC.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!