Topo

MMA

Após prisão de Oezdemir, Cormier pede pelo "próximo da fila" no UFC

L.E. Baskow/AP
Daniel Cormier durante pesagem do UFC Imagem: L.E. Baskow/AP

Ag. Fight

24/11/2017 08h00

Preso no último sábado (18) por uma suposta "agressão grave", Volkan Oezdemir, aparentemente, perdeu a chance de disputar o cinturão dos meio-pesados (93 kg) do UFC contra Daniel Cormier. No entanto, isso não parece estar incomodando nem um pouco DC. Após ser nocauteado por Jon Jones em julho passado - o duelo teve o resultado alterado posteriormente para 'no contest' - o americano garante que está pronto para encarar qualquer atleta escalado pelo Ultimate.

Durante uma conversa no programa de podcast 'The Anik & Florian', Cormier deixou claro que não está preocupado com uma possível mudança de adversário. De acordo com DC, se o suíço realmente não for vetado do duelo em função da sua situação com a polícia, ele simplesmente enfrentará o próximo atleta na briga pelo título.

"É claro que eu lutaria contra qualquer um desses caras. Não faz diferença. Esse cara está com a maior sequência de vitória na divisão e seria o próximo a lutar pelo cinturão. Mas se essa situação lhe deixará de fora da oportunidade, eu lutarei contra o próximo da fila", declarou.

Aos 38 anos de idade, Cormier conta com apenas uma derrota na carreira - para Jones, em 2015. Desde então, o americano venceu quatro combates e fez uma revanche contra 'Bones' que terminou sem resultado após o flagra do rival em um exame antidoping.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!