Topo

Esporte

Jorge Masvidal se oferece para enfrentar Michael Bisping no UFC Xangai; entenda

Ag. Fight

Ag. Fight

24/11/2017 17h46

Jorge Masvidal e Michael Bisping estiveram no card principal do UFC 217 - evento que aconteceu no último dia 4 de novembro, em Nova York (EUA) - e tiveram algumas desavenças às vésperas do show. Hospedados no mesmo hotel, o americano e o inglês discutiram em dois encontros pelos corredores e precisaram ser separados por funcionários. Mesmo em divisões diferentes, 'Gamebred' não perdoou as provocações do ex-campeão dos médios (84 kg) e se colocou a disposição para enfrentá-lo em qualquer categoria.

Convidado para o UFC Xangai ­- evento que acontecerá neste sábado (25), na China -, Masvidal ficou mais animado para prestigiar o show quando soube que seu desafeto estaria na luta principal - o britânico foi escolhido para substituir Anderson Silva, flagrado em um exame antidoping. O americano revelou, em entrevista ao site 'MMA Junkie', que quis se precaver caso o adversário original de Bisping, Kelvin Gastelum, não estivesse apto para subir ao octógono.

"Eu subiria de divisão em um piscar de olhos. Eu não queria pegar o voo longo, mas quando ouvi que era o Bisping que iria lutar, eu disse: 'Claro, me leve para a China, para o caso do Gastelum não conseguir lutar'. Mas eu não gosto do cara, então luto com ele em qualquer categoria, qualquer peso, não me importa", garantiu o americano que luta pela divisão meio-médio (77 kg).

"Eu já deixei bem claro. Luto com ele em qualquer lugar. Não vou dizer que faria de graça, porque o UFC pode não querer me pagar. Mas luto em qualquer lugar. Por causa dele seria em qualquer lugar de qualquer jeito. Eu realmente não gosto dele".

O desafeto pelo inglês começou depois que Bisping rasgou uma bandeira cubana para provocar Yoel Romero, em julho passado - quando o cubano iria disputar o cinturão interino da divisão peso-médio no UFC 213. Contudo, Masvidal não teria gostado da brincadeira, já que seu pai nasceu em Cuba.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte