Topo

MMA

Miesha Tate vê chances de Holly contra Cyborg: "Usa bem os contragolpes"

Justin Edmonds/Getty Images/AFP
Holly Holm será adversária de Cris Cyborg no UFC 219 Imagem: Justin Edmonds/Getty Images/AFP

Ag. Fight

24/11/2017 13h43

No próximo dia 30 de dezembro, Cris Cyborg subirá no octógono do UFC 219 para defender o cinturão peso-pena (66 kg) diante de Holly Holm. E, apesar de ter pela frente a adversária mais vitoriosa que já enfrentou - a americana é ex-campeã peso-galo (61 kg) do Ultimate -, muitos fãs acreditam que "The Preacher's Daughter" não tem chances de vencer a brasileira. Contudo, quem não concorda com essa opinião é Miesha Tate.

Ex-campeã peso-galo do UFC e aposentada desde novembro de 2016, Miesha deixou claro que, na sua opinião, nenhuma outra atleta tem mais chances de vencer Cyborg do que a ex-boxeadora Holly Holm, que foi a primeira atleta a vencer Ronda Rousey no MMA.

"De todas as atletas que consigo pensar para enfrentar a Cris Cyborg, eu sinceramente acredito que Holly é quem tem mais chances de vencer", afirmou, em entrevista ao programa "MMA Tonight", na rádio "SiriusXM Rush", antes de fazer uma análise das chances de Holly.

"O motivo que digo isso é porque se a Cyborg não conseguir dominar a Holly e ficar correndo atrás dela - mais ou menos como a Ronda fez, sem usar os ângulos corretos -, o que ela faz em toda luta que já assisti, ela pode ter problemas. Com a Holly, essa não é uma boa ideia. Ela consegue cortar pelos ângulos. Ela usa muito bem os contragolpes e, se ela acertar um chute alto, acredito que ela apague qualquer. Então, estatisticamente, essa luta se torna muito, muito interessante", declarou.

Atualmente, Cyborg é a lutadora mais temida do planeta. A brasileira não perde uma luta desde sua estreia no esporte em 2005 e coleciona 16 nocautes na carreira. Será Holly a atleta a acabar com o reinado da campeã?

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!