Topo

MMA

Joanna Jedrzejczyk cutuca Rose Namajunas: "Está cuidando do meu cinturão"

Diego Ribas/Ag. Fight
A lutadora Joanna Jedrzejczyk chora após perder luta no MMA Imagem: Diego Ribas/Ag. Fight

Ag. Fight

25/11/2017 14h13

Joanna Jedrzejczyk tinha tudo para entrar para a história no início deste mês, quando enfrentou Rose Namajunas. Aquela era a sexta defesa de cinturão da polonesa e se vencesse igualaria o recorde de Ronda Rousey no reinado de uma divisão do UFC. Mas não deu.

Nocauteada ainda no primeiro round do UFC 217, Joanna perdeu o título dos palhas (52 kg) para a americana e agora só pensa em retomar o seu reinado. Aliás, segundo a ex-campeã, a próxima vez que ela pisar no octógono já será para voltar ao posto de campeã.

"Não se preocupem, caras. Minha primeira luta (de volta) será pelo cinturão e eu prometo para vocês que eu serei campeã. Ela está apenas tomando cuidado do meu cinturão, limpando meu cinturão e eu sou a campeã de verdade", cutucou Joanna em conversa com fãs no UFC Xangai, onde estava como lutadora convidada da organização.

Joanna afirmou não ter lesões graves, o que autorizaria ela a voltar ao octógono o quanto antes. Acontece que a ex-campeã pretende passar um período em seu país para repor as energias antes de encarar uma preparação para luta novamente.

"Estou mais do que pronta para começar meu camp, mas agora eu trabalhei muito antes da minha última luta. Foram 13 semanas na Flórida, então depois da China eu vou viajar para a Polônia no domingo. Preciso ficar com a minha família por um ou dois meses e aí começo meu camp", refletiu a polonesa, antes de dar o seu recado final.

"Eu construí essa divisão e vou continuar isso".

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!