Esporte

Reprise no UFC 218? Max Holloway nocauteia José Aldo em nova performance de gala

Ag. Fight

Ag. Fight

03/12/2017 03h41

O combate principal do UFC 218, evento realizado neste sábado (2) na cidade de Detroit (EUA), era de extrema importância para o Brasil. José Aldo, maior nome da história dos pesos-penas (66 kg), entrou como substituto do lesionado Frankie Edgar para disputar o cinturão contra seu último algoz Max Holloway, em tentativa de se tornar o campeão pela terceira vez na carreira. No entanto, o havaiano, mais uma vez, se mostrou superior.

Em uma espécie de reprise da primeira luta, o brasileiro começou bem e equilibrou a disputa nos primeiros assaltos e sucumbiu diante o volume de golpes e pressão do havaiano, que no terceiro round voltou a levar a melhor diante de um exausto adversário. Novo nocaute para a conta do jovem campeão de 25 anos.

A luta

O primeiro round foi marcado por um José Aldo mais cauteloso. Com apenas dois chutes baixos, o brasileiro optou por boxear por cinco minutos e entrar e sair do raio de ação do havaiano sistematicamente enquanto fazia uso de precisas esquivas de cabeça.

No entanto, o volume de jogo e o domínio do centro do octógono do havaiano tornaram o assalto equilibrado e ligeiramente pendendo para o campeão. Cenário parecido com o que foi visto na etapa seguinte, quando Aldo chegou a soltar mais chutes e trabalhar melhor no clinche, mas de novo sucumbindo diante do volume de golpes do adversário.

No terceiro round, Aldo, já mais cansado, acusou os seguidos jabs e cruzados sofridos e optou por partir para o tudo ou nada. Na trocação franca, o brasileiro acertou dois fortes cruzados, mas a resistência do rival foi maior que a sua e na hora de assimilar as sequências do oponente, o "Campeão do Povo" sentiu.

Depois de tentar uma queda, Aldo caiu por baixo e seguiu apanhando por cerca de um minuto até que o árbitro interrompeu a disputa e declarou bem sucedida a primeira defesa de título de MAx Holloway.

Acompanhe os resultados do UFC 218:

Max Holloway nocauteou José Aldo no 3º round;
Francis Ngannou nocauteou Alistair Overeem no 1º round;
Henry Cejudo venceu Sergio Pettis por decisão unânime;
Eddie Alvarez nocauteou Justin Gaethje no 3º round;
Tecia Torres venceu Michelle Waterson por decisão unânime;
Paul Felder nocauteou Charles 'Do Bronx' no 2º round;
Yancy Medeiros nocauteou Alex 'Cowboy' Oliveira no 3º round;
David Teymur venceu Drakkar Klose por decisão unânime;
Felice Herrig venceu Cortney Casey por decisão dividida;
Amanda Cooper nocauteou Angela Magaña no 2º round;
Abdul Razak Alhassan  nocauteou Sabah Homasi no 1º round;
Dominick Reyes finalizou Jeremy Kimball no 1º round;
Justin Willis nocauteou Allen Crowder no 1º round.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo