Topo

MMA

Aldo rompe o silêncio após derrota no UFC 218: "Serei sempre otimista"

Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images
Max Holloway nocauteia José Aldo no UFC 218 Imagem: Josh Hedges/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

Ag. Fight

05/12/2017 22h51

José Aldo finalmente se manifestou publicamente após o UFC 218, onde o brasileiro foi derrotado por Max Holloway na luta principal do evento e deixou escapar a chance de voltar a ser campeão dos penas (66 kg).

Em um post na sua conta no Instagram, o manauara agradeceu aos fãs, familiares, equipe e família. Além disso, Zé Aldo também se mostrou otimista, mas não falou nada sobre retornar ao octógono ou com relação ao seu futuro no MMA.

"Só tenho que agradecer por tudo a minha família que eu amo, minha equipe, melhor do mundo "Nova União" por me fazer grande e campeão. Aos amigos e fãs que sempre estão comigo, muito obrigado a todos! Serei sempre otimista, pois acreditar é o primeiro passo para fazer acontecer", escreveu o brasileiro.

A luta entre Aldo e Holloway no UFC 218 foi praticamente um repeteco do primeiro encontro entre os atletas. Após dois rounds de certo equilíbrio, o brasileiro foi nocauteado no terceiro assalto.

Aos 31 anos, José Aldo atravessa o pior momento de sua carreira. São três derrotas nas últimas quatro apresentações. No total, o ex-campeão dos penas conta com 26 triunfos e quatro reveses.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!