Esporte

Francis Ngannou ignora Stipe Miocic e projeta duelo com Brock Lesnar

Ag. Fight

Ag. Fight

06/12/2017 13h55

Francis Ngannou nocauteou Alistair Overeem ainda no primeiro round no UFC 218, evento que aconteceu nesse sábado (2), em Detroit (EUA), e conquistou a sua oportunidade de disputar o cinturão. No entanto, apesar de Stipe Miocic ser o atual campeão do peso-pesado e, consequentemente, seu próximo oponente, o camaronês parece ter outro adversário dos sonhos com quem gostaria de medir forças no octógono: Brock Lesnar.

Em entrevista ao podcast 'Top Turtle', o novo desafiante da divisão revelou o seu desejo em enfrentar o ex-campeão do UFC. De acordo com Ngannou, esta seria um combate que os fãs gostariam de assistir na divisão e que impressionaria pelo tamanho dos competidores envolvidos.  Mesmo com a possibilidade desse confronto acontecer ainda ser distante, já que Lesnar está aposentado, o camaronês aposta que conseguiria nocautear o americano.

"Eu gostaria de ver uma luta entre eu e Brock Lesnar. Dois caras grandes. Eu gosto desse casamento. Estou empolgado com isso tanto quanto os fãs. Quero ver esse confronto. Ele é grande. Enorme, como vocês dizem. Mas ele não é mais forte do que eu. Eu sou mais forte. Sou o melhor trocador dos pesados e mais poderoso. Sou talentoso e lidaria com isso com facilidade. Eu sempre prevejo o nocaute. Se ele tentar trocar comigo, não vai ficar de pé por muito tempo. E eu acho que ele tentaria alguma coisa. Ele é um bom trocador, mas não sabe o quão perigoso eu posso ser", garantiu o atleta.

Com a sua vitória mais recente, Ngannou acumula um cartel praticamente impecável, já que foi derrotado apenas uma vez como profissional. Em seus 11 resultados positivos, o camaronês nunca chegou ao último round previsto e venceu por nocaute ou finalização todos os seus confrontos.

Grande aposta do UFC na divisão dos pesados, Francis se mudou para Las Vegas onde, de acordo com Dana White, se tornou o atleta que mais faz uso do centro de treinamento montado pela organização na cidade. Aos 31 anos, o camaronês naturalizado francês pode ser uma arma para popularizar ainda mais o esporte na Europa.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo